SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Conheça a brasileira escolhida pela NASA para ver lançamento da Psyche

Por| Editado por Patricia Gnipper | 06 de Outubro de 2023 às 16h33

Link copiado!

Arquivo pessoal/Lorrane Olivlet
Arquivo pessoal/Lorrane Olivlet

Lorrane Olivlet, divulgadora científica e produtora de conteúdo, foi uma das selecionadas pela NASA para acompanhar de pertinho o lançamento da missão Psyche. A missão vai ser lançada por um foguete Falcon Heavy, da SpaceX, levando ao espaço uma sonda que vai viajar bilhões de quilômetros até alcançar o asteroide de mesmo nome.

Em entrevista ao Canaltech, ela contou que é apaixonada pelo espaço, e tenta levar a ciência espacial e oportunidades na área às pessoas com publicações nas redes sociais. Enquanto acompanhava postagens sobre o assunto, Lorrane soube que a NASA estava procurando produtores de conteúdo para cobrir o lançamento da missão Psyche.

“Então, eu inscrevi tudo que tenho, o projeto social para incentivar as pessoas e criar uma cultura espacial no Brasil, e que faço isso por meio das redes sociais. E eles gostaram!”, acrescentou ela, durante a entrevista. Tal projeto é o InSpace, no qual Lorrane incentiva interessados, principalmente meninas jovens, a seguirem carreiras na área espacial.

Continua após a publicidade

Em outubro, Lorrane soube que foi selecionada, e agora está se preparando para viajar aos Estados Unidos. Ela e os outros 34 inscritos vão acompanhar uma programação agitada durante dois dias: os eventos organizados pela NASA incluem uma experiência imersiva sobre a missão Psyche, a visão do lançamento, uma visita pelas instalações da agência espacial no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e até um encontro com os especialistas de ciência e engenharia na missão.

Lorrane já planejou alguns dos conteúdos que vai produzir durante a estadia, como vídeos do lançamento e algum material especial para a Agência Espacial Brasileira, com a qual tem parceria. “Eu lembro que, há um tempo, eu fiz um vídeo falando sobre coisas que eu gostaria de conquistar, são sonhos, sabe? Aí acabou que, na semana que vem, eu vou conquistar dois [deles]: ver o lançamento de um foguete e ver um eclipse solar”, finalizou.

Continua após a publicidade

A missão Psyche

Lorrane já participou de projetos de ciência cidadã focados na caça a asteroides, liderando equipes e treinando os participantes. "Então, eu tenho um carinho muito grande por essa área, e esse asteroide Psyche é o meu favorito", destacou ela. E, de fato, o Psyche é um asteroide para lá de curioso.

Oficialmente chamado 16 Psyche — ou Psique, como o conhecemos em português —, este objeto chama a atenção dos cientistas por vários motivos, e o principal deles é sua composição. Ao contrário da maioria dos objetos no Sistema Solar, que são formados principalmente por rocha, gelo ou gás, o Psyche tem mais de 90% de sua estrutura feita de metal.

Continua após a publicidade

Esta característica é um verdadeiro mistério para os cientistas, que especulam como ele pode ter sido formado. Uma possibilidade é que o 16 Psyche tenha sido um objeto que, se tivesse seguido em seu processo evolutivo, ficaria tão grande quanto Marte.

Ele parece não ter se tornado um planeta propriamente dito porque outro protoplaneta, ou até vários dele, se chocaram com sua estrutura. A colisão rompeu suas camadas rochosas externas e expôs seu núcleo metálico, que, com o tempo, esfriou e formou o Psyche, que é o único asteroide do tipo que conhecemos em nosso sistema.

Para descobrir mais sobre as origens deste asteroide, a NASA vai enviar uma sonda para estudá-lo de perto. A missão homônima Psyche vai ser lançada do Centro Espacial Kennedy em 12 de outubro, às 11h16, e se tudo correr bem, a sonda deve alcançá-lo em 2029.