SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Céu de outubro | Eclipse solar e chuva de meteoros são destaques do mês

Por| Editado por Patricia Gnipper | 01 de Outubro de 2023 às 00h05

Link copiado!

Evgeni Tcherkasski/Pixabay
Evgeni Tcherkasski/Pixabay

Se você gosta de observar planetas, o mês de outubro vai trazer oportunidades interessantes para admirar alguns deles no céu. O grande "dono da festa" vai ser o eclipse solar visível em todo o Brasil. Vai acontecer também um eclipse lunar parcial, mas este não vai ser visível pelos brasileiros.

Eventos astronômicos de outubro

O aguardado eclipse solar anular ocorre nesse mês de outubro e vai poder ser observado em todo o país. Entretanto, apenas algumas regiões vão ver o efeito anel de fogo, característico desse tipo de eclipse.

Continua após a publicidade

Além disso, vamos ter uma chuva de meteoros causada por detritos do famoso cometa Halley, a aproximação entre planetas e a Lua e, por fim, boas oportunidades de observar Vênus antes do amanhecer.

Aproximação entre Júpiter e Lua (01/10)

A partir das 22h, os observadores vão encontrar Júpiter a uma curta distância da Lua, na direção leste. Os astros vão manter essa distância durante o restante da noite, sendo seguidos pela constelação de Touro e as Plêiades.

Aproximação entre Vênus, Regulus e Lua (10/10)

Continua após a publicidade

Entre as 4h e 5h da madrugada, a Lua Minguante vai estar acompanhada do planeta Vênus, com a estrela Regulus, a mais brilhante da constelação de Leão, entre os dois objetos.

Você vai poder observar o trio até o amanhecer. Vênus ainda vai estar visível quando a luz da alva iluminar o céu, desaparecendo apenas quando o próprio Sol surgir no horizonte.

Eclipse Solar Anular (14/10)

Continua após a publicidade

No sábado do dia 14, a Lua vai passar em frente o Sol, bloqueando sua luz por alguns instantes. O eclipse vai ser do tipo anular, ou seja, um “anel de fogo” vai estar visível ao redor da sombra lunar. Isso ocorre porque, diferente dos eclipses totais, a Lua vai estar um pouco mais afastada da Terra e, portanto, seu tamanho aparente vai ser um pouquinho menor que o disco solar.

Entretanto, o anel de fogo vai ser visível apenas para alguns lugares das regiões Norte e Nordeste, como Natal (RN) e João Pessoa (PB). Em outros locais, os observadores vão ver um eclipse parcial, com apenas uma parte do Sol bloqueada pela Lua. O evento pode ser observado apenas com uso de proteção adequada para os olhos.

Chuva de meteoros Orionídeos (21/10)

Continua após a publicidade

A chuva de meteoros Orionídeos atinge o pico entre 21 a 22 de outubro, trazendo poeira do cometa Halley na forma de estrelas cadentes. O radiante dessa chuva está na constelação de Órion, logo abaixo da estrela Betelgeuse.

Os melhores momentos para tentar observar os meteoros estão entre 23h do dia 21 e o amanhecer da magrudada de 22 de outrubro. Lembrando que as chances são muito melhores caso encontre algum lugar livre da poluição luminosa dos centros urbanos.

Vênus em máxima elongação (23/10)

Vênus está em fase de elongação no sentido Oeste, o que significa que vamos ver o planeta antes do nascer do Sol (ao contrário da elongação ao Leste, quando o observamos antes do pôr do Sol), a partir das 3h e até 5h30, aproximadamente.

Continua após a publicidade

No dia 23 de outubro, Vênus vai estar em máximo elongamento, isto é, em sua maior distância aparente do Sol. Isso vai fazer com que brilhe intensamente como a “estrela da manhã”, mesmo que metade de sua face visível esteja nas sombras.

Caso você tenha um pequeno telescópio ou um bom par de binóculos, vai poder ver o planeta iluminado pela metade, exatamente como a Lua durante o Quarto Minguante.

Aproximação entre Saturno e Lua (23/10)

Continua após a publicidade

Após o pôr do Sol, a Lua vai estar alta no céu, acompanhada de Saturno a uma distância relativamente próxima — porém, os astros vão estar separados pelo dobro da distância entre a Lua e Júpiter do dia 1º. Ainda assim, é sempre interessante observar planetas perto de nosso satélite natural.

Fases da Lua em outubro de 2023

Confira as principais fases da Lua durante o mês de outubro:

  • 6 de setembro, às 19h: Lua Quarto Minguante
  • 14 de setembro, às 23: Lua Nova
  • 22 de setembro, às 17h: Lua Quarto Crescente
  • 28 de setembro, às 7h: Lua Cheia (eclipse não visível no Brasil)