Astronautas a bordo da ISS escaneiam veias e olhos com dispositivo de ultrassom

Astronautas a bordo da ISS escaneiam veias e olhos com dispositivo de ultrassom

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 16 de Fevereiro de 2022 às 19h00
NASA

Uma sequência de escaneamento de olhos e veias foi conduzida a bordo da Estação Espacial Internacional, enquanto médicos em solo monitoravam o procedimento. A atividade foi realizada nesta terça-feira (16) pelos astronautas Mark Vande Hei, Thomas Marshburn e Matthias Maurer, que utilizaram um dispositivo de ultrassom para escanear as veias no pescoço, ombros e pernas deles próprios.

O trio de tripulantes se reuniu no módulo Columbus, e usou o dispositivo Ultrasound 2 para escanear as veias do pescoço, ombros e pernas uns dos outros. O trabalho de biomedicina começou com Vande Hei e Marshburn, astronautas da NASA. Depois, o astronauta alemão Matthias Maurer se juntou a eles após concluir os escaneamentos de suas veias e olhos.

O Ultrasound 2 conta com um teclado sobreposto, para ajudar no direcionamento remoto de solo para a tripulação (Imagem: Reprodução/NASA)

De acordo com a NASA, a ideia do procedimento é coletar dados que podem ajudar médicos a entender como a microgravidade afeta o corpo humano. Esta não é a primeira vez que a agência espacial realiza alguma atividade de coleta de dados biométricos dos tripulantes — e, através do programa Technology Transfer, empresas interessadas podem adquirir e licenciar tecnologias do tipo, desenvolvidas pela NASA.

Embora o escaneamento dos olhos e veias a bordo da Estação Espacial Internacional possa parecer algo corriqueiro, é importante lembrar que o procedimento pode oferecer possibilidades interessantes relacionadas aos dados biométricos não somente para a NASA, mas também para empresas e até outras agências espaciais.

Escaneamentos à parte, os tripulantes da estação tiveram um dia agitado: Kayla Barron e Raja Chari, engenheiros de voo, passaram o dia trabalhando em hardware de satélites e equipamentos de suporte à vida — Barron, a especialista de missão da Crew-3, passou a manhã trabalhando no módulo laboratorial Kibo, para desinstalar um pequeno implantador orbital de satélites.

Fonte: NASA; Via: Futurism

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.