Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

A NASA está escondendo um segundo Sol?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 01 de Maio de 2024 às 14h15

Link copiado!

Casey Reed/NASA
Casey Reed/NASA

E se o Sistema Solar tivesse duas estrelas? Provavelmente, as coisas seriam bem diferentes para os demais planetas e inclusive para nós, habitantes da Terra. Contudo, algumas pessoas acham que temos um “segundo Sol” — e não, não tem nada a ver com a música interpretada por Cássia Eller, mas sim com uma estrela real.

Para os teóricos da conspiração, a NASA seria um dos principais agentes que tentam “esconder a verdade” da população. Faz sentido se pensarmos que uma das conspirações favoritas desses grupos é que o governo americano oculta a verdade sobre alienígenas na Terra, ou que a humanidade nunca foi à Lua.

Logo, muitas ideias mirabolantes envolvendo a NASA acabam relacionadas à astronomia e ao espaço. Na conspiração da vez, a agência espacial norte-americana estaria escondendo um suposto segundo Sol do Sistema Solar.

Continua após a publicidade

Em grupos de entusiastas de conspirações, usuários estão compartilhando vídeos que, segundo eles, revelam uma segunda estrela “escondida” atrás do Sol. Alguns deles vão além, afirmando que objetos ao lado do suposto segundo Sol seriam planetas que o orbitam, incluindo o célebre — e inexistente — Nibiru.

Caso esteja se perguntando por que nunca vimos o segundo Sol, a resposta é óbvia: segundo tais grupos, a NASA teria escondido-o por algum motivo qualquer (ou talvez porque ele simplesmente não existe). Mas como ninguém percebeu a existência dessa estrela antes da criação da agência espacial? Bem, isso ainda não sabemos.

A teoria não é exatamente nova, mas veio à tona recentemente e chamou a atenção de alguns veículos de comunicação. Curiosamente, os conspiracionistas se apoiam nas declarações de um astrônomo sério, que gravou um vídeo não tão sério assim.

O "segundo Sol" existe?

Em 2016, o astrônomo Paul Cox estava transmitindo ao vivo um trânsito de Mercúrio pelo Sol quando um círculo apareceu na tela. Provavelmente se tratava apenas de um artefato óptico causado pelas lentes do equipamento, mas na transmissão, ele brincou: “você pode estar se perguntando: o que é aquela grande coisa redonda à direita do Sol? Bem, esse é o nosso segundo Sol”.

Cox não esboçou nenhum sinal aparente de que se tratava de uma piada, levando conspiracionistas a se questionarem se haveria alguma verdade naquilo. “A NASA e outras organizações geralmente escondem essas coisas de nós”, completou o astrônomo.

Em fóruns na internet dedicados às teorias de conspiração, alguns parecem ter dúvidas se Cox estava brincando ou não, enquanto outros parecem estar muito confiantes de que a conspiração é real. Mais vídeos foram compartilhados mostrando o suposto segundo Sol e planetas ao seu redor — ou melhor, artefatos ópticos que aparecem em qualquer câmera ao fotografar fontes de luz.

Continua após a publicidade

Outras tentativas de validar o segundo Sol mostram fotos da nossa (única) estrela cercada por um halo, sugerindo que este brilho extra é, na verdade, produzido pela estrela escondida atrás do disco solar.

Se você quiser entrar na toca do coelho, vai ver que não há apenas um segundo Sol atrás da estrela, mas outros corpos também. A ideia é que esses objetos estão todos alinhados, de modo que ficam escondidos na nossa perspectiva. Eles deram até mesmo nomes aos outros planetas, como Helion e Arboda.

Por fim, claro, existem canais em plataformas da internet com toda sorte de edições para convencer, ou ao menos intrigar o público, e ganhar alguma receita com isso. A maioria dos vídeos sobre o segundo Sol tenta relacionar essa suposta conspiração da NASA ao mítico planeta Nibiru, buscando dar algum respaldo científico à sua existência e adicionando todo um sistema estelar perpendicular ao nosso.

Continua após a publicidade

Aqui estão alguns fatos científicos sobre o tal "segundo Sol":

  • Os astrônomos — não apenas da NASA — estudam as órbitas do Sistema Solar, incluindo do Sol, há muito tempo. Qualquer um pode adquirir um telescópio caseiro relativamente barato e filtros solares para observar nossa estrela e ver por si mesmo que não há nada escondido.
  • É possível ver estrelas binárias muito distantes do Sistema Solar separadas por uma distância inferior à distância entre o Sol e a Terra. Isso significa que é bem improvável que uma estrela tão próxima do Sol passe despercebida.
  • No mundo todo existem astrônomos em universidades, observatórios e até amadores observando o céu com telescópios caseiros nos quintais de suas casas. A NASA teria muito trabalho para silenciar todos eles.
  • O Sol tem massa, brilho e tamanho que podem ser calculados, assim como todos os outros objetos do Sistema Solar. Com essas medições, é possível calcular com certa facilidade as órbitas desses objetos em torno da estrela. Qualquer coisa “anormal” arruinaria todos esses cálculos.
  • Algumas das imagens que, alegadamente, revelam o segundo Sol apresentam o halo, que é um anel ou luz que se forma ao redor do Sol e da Lua à medida que a luz dos corpos é refratada nos cristais de gelo presentes na atmosfera.
  • Espaçonaves enviadas para observar o Sol nunca encontraram traços de nada além daquilo que sabemos existir: um único Sol.
  • Caso existisse outra estrela, teríamos um sério problema dos três corpos para resolver, se quiséssemos entender o Sistema Solar.