Veja o planeta Mercúrio passando em frente ao Sol nesta segunda-feira (11)

Por Felipe Junqueira | 11 de Novembro de 2019 às 16h11
NASA
Tudo sobre

NASA

Saiba tudo sobre NASA

Ver mais

Mercúrio passou entre o Sol e a Terra durante cerca de cinco horas e meia nesta segunda-feira (11), em um evento um tanto quanto raro de se observar. A NASA registrou algumas imagens do trânsito de Mercúrio em 2019, assim como o observatório Slooh, que ainda fez a transmissão ao vivo de todo o fenômeno.

O primeiro contato, quando a borda do planeta encosta na borda do Sol sob o nosso ponto de vista, aconteceu por volta das 9h35 (horário de Brasília). O segundo contato, quando a segunda borda de Mercúrio chega à primeira borda da estrela, começou cerca de dois minutos depois.

Mercúrio começa a sua passagem entre a Terra e o Sol (GIF: NASA)

O trânsito seguiu até as 15h02 (horário de Brasília), quando começou o terceiro contato, em que a borda direita de Mercúrio encostou na outra borda do Sol. Essa fase também durou dois minutos, e, por volta das 14h04, o evento chegou ao fim, quando já não se via mais o menor planeta do Sistema Solar passando em frente ao astro-rei.

Quem conseguiu acompanhar essa passagem ao vivo tem motivos para comemorar. Como mencionado, este é um evento raro, e só acontecerá de novo em 2032. As chances de vermos esse trânsito de Mercúrio na frente da estrela que ilumina nosso sistema são raras por conta do ângulo que o planeta orbita o Sol. Essa foi a quarta vez no século XXI que pudemos ver tal evento, por sinal. Além de ocasiões no mês de novembro, também é possível verificar tal trânsito ocasionalmente em maio.

A NASA publicou em seu canal do YouTube um vídeo curtinho mostrando o trânsito completo de Mercúrio em reprodução acelerada — e ainda por cima em resolução 4K. Assista:

E você também pode assistir ao vídeo com mais de cinco horas de duração em que o observatório Slooh não somente exibe o trânsito de 2019 de Mercúrio, como também faz comentários e explicações (em inglês) no decorrer da transmissão:

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.