Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Unificação do Disney+ acontece em 26 de junho com mudanças nas assinaturas

Por| Editado por Durval Ramos | 28 de Março de 2024 às 14h16

Link copiado!

Divulgação/Disney+
Divulgação/Disney+
Tudo sobre Walt Disney Company

A Disney anunciou a data em que unificará o Disney+ e a Star+ em apenas um serviço de streaming, unificando os catálogos dos dois aplicativos. A partir do dia 26 de junho, os assinantes poderão acessar as produções da Walt Disney Company em apenas um lugar, reunindo filmes, séries e esportes ao vivo em uma assinatura só.

A Walt Disney Company Latin America confirmou a informação de que a Star+, seu serviço de streaming que engloba entretenimento em geral, com séries, filmes e esportes ao vivo, chegará ao fim no mês de junho. No dia 26, seu conteúdo será integrado ao do Disney+, que receberá uma atualização que está sendo tratada como um relançamento do serviço na América Latina.

Continua após a publicidade

Dentro do Disney+, os assinantes encontrarão uma nova seção chamada Star, onde terão acesso títulos do 20th Century Studios, Searchlight, FX, produções originais e eventos ao vivo, como esportes e shows. Uma mudança similar entrou em ação no último dia 27 de março nos Estados Unidos, quando o conteúdo do Hulu, serviço de streaming da Disney que atuava como uma espécie de Star+ norte americano, foi incluído no catálogo do Disney+.

Novos planos de assinatura

Desde o anúncio do fim da Star+, em dezembro de 2023, os assinantes dos serviços se perguntam como ficarão as assinaturas do Disney+. Vale lembrar que, apesar de muitos assinarem os serviços separadamente, uma das estratégias da Disney foi ofertar combos com descontos nas mensalidades.

A Disney anunciou que serão oferecidas diferentes alternativas de assinatura com a nova versão do serviço de streaming. A partir do dia 26 de junho, os consumidores poderão escolher entre três planos diferentes: Premium, Padrão e Padrão com Anúncios.

A empresa não detalhou as diferenças entre os planos, deixando em aberto se teremos limitação de qualidade, como a Netflix e a Max já fazem, ou se esses pacotes mais econômicos vão limitar o acesso a determinados conteúdos. Vale destacar ainda que, conforme anunciado aqui, o tão comentado plano com anúncios vai finalmente sair do papel. 

De acordo com a Disney, os detalhes oficiais, incluindo as características, os preços e as formas de acesso aos novos planos do Disney+ serão apresentados em breve.

Continua após a publicidade

Entretenimento para toda a família

O novo Disney+ trará controles parentais para garantir que todos os assinantes tenham controle no que pode ser assistido pelos usuários. Será possível criar perfis protegidos por um PIN, aplicando limites de acesso baseados na classificação etária das séries e filmes.

Isso já havia sido implementado no serviço com a entrada de séries mais maduras no catálogo, como as produções da Marvel lançadas previamente na Netflix, Eco e Xógum: A Gloriosa Saga do Japão.