Publicidade

The Acolyte | O que é a Alta República, o período "esquecido" de Star Wars

Por| Editado por Durval Ramos | 19 de Março de 2024 às 18h30

Link copiado!

LucasFilm
LucasFilm

The Acolyte, nova série da Disney+, explora um período da saga Star Wars que, até o momento, não havia sido tocado por produções live-action. A trama que chega ao streaming em junho se passa no período da Alta República, um período ambientado séculos antes da saga dos Skywalkers e que, até então, só tinha aparecido em livros e quadrinhos. Assim, enquanto a Lucasfilm tem planos sólidos sobre o futuro da franquia, parece que um dos seus maiores trunfos pode ser ao explorar o seu passado.

O trailer do seriado dá uma breve noção do que se trata esse momento tão pouco conhecido da história dessa galáxia muito distante. Do auge da Ordem Jedi ao surgimento da sombra dos Sith, esse passado esquecido de Star Wars tem muita história para contar e pode ser um dos trunfos da saga daqui em diante. 

Desde os tempos mais primórdios

Continua após a publicidade

Em 2020, a Lucasfilm e a Disney revelaram um novo plano para publicar obras baseadas em Star Wars, principalmente explorando histórias que não foram tocadas por games, filmes e séries. Chamado de Projeto Luminous, a ideia reuniu diversos autores para criar HQs e livros que se passam no período da Alta República, 200 anos antes do início de Star Wars - Episódio 1: A Ameaça Fantasma, buscando revolucionar a saga.

Em dois anos de projeto em atividade, a iniciativa Star Wars: The High Republic foi responsável por introduzir mais de 100 novos Jedi ao cânone da série, através de livros, HQs e uma animação infantil para o Disney+, chamado Star Wars: Aventuras dos Jovens Jedi.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Em 2023, durante o evento Star Wars Celebration, a Lucasfilm foi mais fundo e revelou a nova timeline da saga e onde cada era se encaixa no grande esquema da saga. A divisão ficou desse jeito :

  • Surgimento dos Jedi (aproximadamente 25.000 ABY)
  • A Velha República (25.000 ABY – 1.000 ABY)
  • A Alta República (500 ABY – 100 ABY)
  • A Queda dos Jedi (100 ABY – 19 ABY)
  • Reinado do Império (19 ABY – 5 ABY)
  • Era da Rebelião (5 ABY – 4 DBY)
  • A Nova República (5 DBY – 34 DBY)
  • A Ascensão da Primeira Ordem (34 DBY – 35 DBY)
  • Nova Ordem Jedi (50 DBY – futuro)

As siglas ABY e DBY referem-se a Antes da Batalha de Yavin e Depois da Batalha de Yavin, repectivamente. Isso porque a passagem de tempo em Star Wars utiliza a explosão da Estrela da Morte em Episódio IV: Uma Nova Esperança como marco zero e todos os acontecimentos são apontados como antes ou depois dos eventos do filme que marcou o início da franquia.

E sobre o que é a tal Era da Alta República?

Continua após a publicidade

A Era da Alta República corresponde aos 400 anos em que a República Galáctica esteve no seu auge, explorando novos territórios e expandindo o seu alcance para os planetas da Orla Exterior.

Esse período, conhecido como uma época de paz na galáxia, também foi muito importante para os Jedi, com a Ordem tendo a sua era de ouro, com um grande número de cavaleiros espalhados por toda a galáxia. Yoda, um dos personagens mais queridos de toda a saga Star Wars estava na ativa nessa época e se faz presente nas histórias dessa era.

As histórias abordadas dentro da Era da Alta República mostram a criação do Starlight Beacon, uma estação espacial que representa a esperança e a conexão entre os diferentes planetas. Planetas como Tattoine não fazem parte da República, com vários lugares beirando a selvageria sem lei do Velho Oeste. 

Continua após a publicidade

Além disso, há outros detalhes que são abordados de forma diferente do habitual. Algumas tecnologias clássicas da série ainda são rudimentares nesse período, como trajetos de hiperespaço ainda sendo desenvolvidos, o que torna as viagens de exploração ainda mais perigosas. 

Ao mesmo tempo, os Jedi são vistos como guardiões da paz e da justiça, lutando contra o mal até encontrar um inimigo à altura: os Nihil, os Drengir e os Inomináveis, predadores que consomem a Força de dentro de suas presas. 

E os sith?

Continua após a publicidade

Existe uma grande questão sobre exatamente qual foi o papel dos Sith na ascensão da Alta República. A timeline da Lucasfilm mostra que, após o surgimento dos Jedi, a galáxia viu a era da Velha República. A descrição oficial dessa era é a seguinte:

A República foi fundada pelos Mundos do Núcleo, com a Ordem Jedi surgindo para protegê-los. Uma ruptura entre Jedi acabou levando à criação dos Sith nessa época.

Pelas datas disponíveis, esse período se encerrou em 1.000 ABY, com a Alta República surgindo em 500 ABY. Nesse período, a luta da Ordem Jedi contra os Mandalorianos tirou o foco da luta contra os Sith, com episódios como o roubo do Darksaber, arma que voltaria a aparecer séculos depois em Star Wars: Clone Wars e The Mandalorian, dos cofres do Templo Jedi em Coruscant.

Continua após a publicidade

Em uma guerra entre as últimas forças da Velha República e os Jedi contra os Sith, aqueles que haviam aceitado o lado sombrio da Força foram derrotados e, supostamente, eliminados da galáxia. É por isso que, em Episódio I: A Ameaça Fantasma, personagens como Yoda e Qui-Gon Jinn não acreditam no retorno dos Sith.

Eles seguiram assim, pelo menos, até o final da era da Alta República, como podemos ver no primeiro trailer de The Acolyte. Considerando os rumores de que a história da série se passaria nos últimos dias desse período, possivelmente saberemos como os Sith trabalharam nas sombras por muito mais tempo do que o imaginado.

The Acolyte estreia na Disney+ no dia 4 de junho, com os dois primeiros episódios saindo no mesmo dia. O resto da temporada terá episódios semanais.