Obi-Wan Kenobi | O que esperar da nova série de Star Wars no Disney+?

Obi-Wan Kenobi | O que esperar da nova série de Star Wars no Disney+?

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 24 de Maio de 2022 às 22h10
Divulgação/Disney

A saga Star Wars vai ganhar um capítulo importante nesta sexta-feira (27). Na semana em que a franquia comemora seus 45 anos, a série Obi-Wan Kenobi chega ao Disney+ com a promessa de preencher algumas lacunas da clássica história, além de aprofundar um pouco mais alguns de seus personagens mais icônicos.

Afinal, poucas coisas são mais emblemáticas em toda a franquia do que a relação de Obi-Wan com Darth Vader. Isso é algo que já era notório na trilogia original, mas que se tornou ainda mais marcante com os prequels, que exploraram justamente a amizade de mestre e aprendiz até a derrocada de Anakin (Hayden Christensen) pelas mãos do próprio Jedi vivido por Ewan McGregor.

Assim, Obi-Wan Kenobi chega com a missão tanto de aprofundar essa relação conturbada quanto mostrar o que aconteceu ao longo dos quase 20 anos que separam A Vingança dos Sith e Uma Nova Esperança. Só que a gente já sabe que a trama não vai se limitar a isso e que, ao longo de seus seis episódios, a nova série deve trazer algumas novidades bem interessantes para essa galáxia muito, muito distante.

No deserto de Tatooine

Por muito tempo, os fãs de Star Wars se perguntaram o que Obi-Wan fez durante todo esse tempo no deserto de Tatooine. A explicação original era que o velho Jedi havia se isolado do mundo depois da ascensão da suposta morte de Anakin, preferindo viver sozinho em meio à areia até ser encontrado por Luke em Uma Nova Esperança. Em A Vingança dos Sith, foi mostrado que ele foi para lá justamente para proteger o futuro herói.

Tarefa da série é mostrar que Obi-Wan é mais do que um velho isolado no deserto (Imagem: Divulgação/Lucasfilm)

E, na série, isso vai ser um pouco mais detalhado. Ao contrário do que se imaginava, Obi-Wan não se isolou por completo e tampouco deixou o destino de Luke nas mãos da Força. Pelo contrário, será mostrado como ele acompanhou todo o crescimento do garoto e que a intenção era poder treiná-lo quando chegasse a hora.

E isso vai levar a um dos pontos mais interessantes do seriado: a tensão com a família Lars e a própria culpa que o Jedi carrega. Um dos trailers deixa isso bem claro quando Owen Lars (Joel Edgerton) contesta os planos de Obi-Wan, dizendo que não vê por que deixar Luke ser treinado por aquele que falhou com Anakin. E é perceptível o quanto esse episódio ainda é uma ferida aberta para o velho Ben Kenobi.

Aliás, os próprios roteiristas da série já pontuaram que essa relação com a culpa é algo que vai ser bastante ao longo dos episódios, fazendo com que o fracasso com seu velho amigo seja uma das principais razões para o isolamento de Obi-Wan — o que vai justificar também como ele se tornou o velho ranzinza de Uma Nova Esperança.

Darth Vader e a mágoa do vilão

Da mesma forma que o personagem de Ewan McGregor carrega o peso de tudo o que aconteceu, o impacto da Batalha de Mustafar em Darth Vader também vai ser explorado em Obi-Wan Kenobi. Afinal, se o velho Jedi se sente culpado, o vilão quer apenas vingança pelo que seu velho amigo fez e vai tratar de caçá-lo.

A relação Obi-Wan e Darth vader é algo que o pôster já entrega (Imagem: Divulgação/Lucasfilm)

Até agora, vimos muito pouco sobre Vader na série, mas algumas pistas sobre sua participação já foram confirmadas. Além de garantirem o retorno de Hayden Christensen, temos um novo tipo de ameaça que já mostrou o quanto essa caçada a Obi-Wan é realmente pessoal para o antigo Anakin.

Os Inquisidores são uma nova categoria de inimigos que vai fazer sua estreia no live action de Star Wars. Eles já apareceram em outras mídias, como animações e jogos, mas é a primeira vez que veremos essa força de elite do Império em carne, osso e maldade. E eles serão destacados justamente para caçar Obi-Wan a pedido de Vader. Mais pessoal que isso, impossível.

Os Inquisidores vão fazer sua estreia em live action (Imagem: Divulgação/Lucasfilm)

Só fica a dúvida se teremos o tão esperado reencontro acontecendo em algum momento da temporada. Quando os dois se enfrentam em Uma Nova Esperança, fica sugerido que aquela é a primeira vez que eles se enfrentam desde a Batalha de Mustafar. Contudo, não é impossível a Lucasfilm e a Disney mexerem um pouco no cânone para adequar as novas produções.

Despertar da Força

Falando nos Inquisidores, esse grupo de inimigos é um ponto que merece atenção em Obi-Wan Kenobi. Embora eles sejam apresentados como essa força especial do Império, pode ser que tenhamos algumas surpresas vindo aí.

Reva é uma vilã que exala arco de redenção (Imagem: Reprodução/Lucasfilm)

Todo o material promocional relacionado a esses vilões dá um destaque especial à Inquisidora Reva (Moses Ingram), que é uma das inimigas que mais vai se engajar na caça à Obi-Wan. Só que ela não é a única e já vimos até alguns outros membros do grupo hierarquicamente superiores a ela.

Por isso mesmo, é curioso notar essa ênfase que a Lucasfilm vem dando a essa personagem em específico. Assim, o que deve começar como alguém obstinado a cumprir uma missão dada por Darth Vader em pessoa deve evoluir para algo pessoal e, quem sabe, até para alguma transformação até o final da temporada.

Pelo que os rumores apontam, a série deve apresentar seu passado trágico, mostrando como ela se tornou uma Inquisidora. Segundo supostos vazamentos, ela era uma jovem que foi retirada da família ainda muito cedo para se tornar Jedi, mas que teve seu destino interrompido pela Ordem 66, a decisão do Império que acabou com os Jedis. Assim, entre ter que morrer e trabalhar com o Imperador, ela sucumbiu ao Lado Sombrio da Força.

Caso isso se concretize, pode ser que tenhamos a Força agindo em algum momento para redimir a Inquisidora e fazê-la lutar ao lado de Obi-Wan como um esforço final para pagar seus pecados. É o tipo de narrativa que combina muito bem com Star Wars e que, embora já bastante manjada, combina bastante com tudo o que a série vem mostrando até aqui.

Novos planetas, novos Jedi

Só que, ao contrário do que se pensava nos últimos 45 anos, Obi-Wan Kenobi não se limitou a Tatooine ao longo de todo esse tempo. Embora tenha acompanhado de perto o crescimento de Luke, a fuga dos Inquisidores deve levá-lo a visitar outros mundos e também a encontrar outros Jedi.

Pode anotar: o Jedi de Kumail Nanjiani vai aparecer só para morrer no episódio seguinte (Imagem: Reprodução/Lucasfilm)

O trailer já mostrou um pouco de um dos planetas visitados pelo herói. E isso é interessante pelo fato de abrir portas tanto para conexões com outras histórias quanto para apresentar novos Jedis e personagens que podem se tornar importantes no futuro.

Vale lembrar que algumas das séries produzidas pela Lucasfilm se passam nesse mesmo período. O spin-off de Rogue One, Andor, se passa mais ou menos nessa época e não seria tão estranho vermos o personagem de Diego Luna cruzando o caminho do Jedi enquanto luta pela Aliança Rebelde ou o grupo que viria a se tornar essa resistência contra o Império. Seria uma ótima forma de acender o interesse por essa série, que anda bem apagado.

Além disso, já se tornou uma espécie de tradição dos seriados de Star Wars trazer algum personagem para fazer uma participação especial. Foi assim com Luke em The Mandalorian e com Ahsoka e Krrsantan em O Livro de Boba Fett. Isso faz com que seja possível esperar algo assim com Obi-Wan Kenobi. O grande ponto é que, na época em que a série se passa, poucos personagens de peso estão vivos. Por isso mesmo, as chances de temos Andor dando as caras são bem altas — ou o rumor de que Cal Kestes, protagonista do jogo Star Wars: Jedi Fallen Order, vai chegar ao live action pode finalmente se concretizar.

Os dois primeiros episódios de Obi-Wan Kenobi chegam ao Disney+ no próximo dia 27 de maio.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.