SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Netflix começa a cobrar pelo compartilhamento de contas no Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Maio de 2023 às 15h39

Link copiado!

Rafael Damini/Canaltech
Rafael Damini/Canaltech
Tudo sobre Netflix

Demorou, mas chegou. A Netflix começou a cobrar pelo compartilhamento de contas no Brasil. Assim, usuários que dividem sua senha com amigos ou parentes que não moram na mesma residência terão que pagar uma taxa adicional de R$ 12,90 mensais.

A novidade passa a valer a partir desta segunda-feira (23), conforme detalha uma publicação no site oficial da empresa. Segundo a companhia, os usuários que compartilham seu perfil em mais de uma residência vão receber um e-mail detalhando a nova política e dando opções de como proceder para resolver a situação.

Continua após a publicidade

O argumento da empresa é que as contas são feitas para serem divididas dentro de uma mesma casa entre membros da família e não entre amigos ou pessoas que moram em outros lugares. Nesses casos, as opções oferecidas são transferir o perfil para outra conta ou adquirir o acesso para um assinante extra.

Essa é a tão comentada cobrança adicional que há tempos vinha sendo testada pela companhia em outros países. Dessa forma, quem decidir continuar dividindo o serviço com um amigo ou familiar em outro endereço terá de desembolsar essa taxa extra de R$ 12,90 mensais para cada perfil adicional

O valor é apenas um pouco mais barato do que o pacote mais econômico do streaming. Atualmente, a modalidade com anúncios custa R$ 18,90, enquanto a assinatura padrão da Netflix sai por R$ 39,90. Já a Premium, que permite quatro telas simultâneas e vídeo em 4K, tem mensalidade de R$ 55,90.

Continua após a publicidade

A ideia da empresa é justamente estimular a criação de novas contas ao mesmo tempo em que capitaliza em cima dessa prática tão comum entre os usuários. Assim, a partir de dados de acesso, como identificação do aparelho e da própria rede em que a conta é acessada, o streaming é capaz de determinar qual é o endereço regular do assinante e quais são aqueles que estão fora das regras.

Limitações do Assinante Extra

O detalhe é que a opção Assinante Extra pode não estar disponível para todos. Como o próprio site da Netflix pontua, as assinaturas faturadas por parceiros — como operadoras de telefonia ou mesmo outras plataformas de streaming — não vão oferecer a ferramenta para permitir o compartilhamento da conta.

A companhia não explica, contudo, qual será o tratamento dado a esses casos.