Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Mulher-Hulk | Conheça os personagens da nova série da Marvel

Por| Editado por Jones Oliveira | 11 de Agosto de 2022 às 14h30

Link copiado!

Marvel Studios
Marvel Studios
Tudo sobre Marvel

É realmente impressionante que Mulher-Hulk ganhe uma série própria no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês). A personagem é, obviamente, um derivado de seu primo igualmente verde e nunca teve um núcleo próprio, sempre transitando em meio ao universo dos Vingadores, Quarteto Fantásticos e outros heróis mais conhecidos.

Só que o que poderia ser um demérito é um dos principais pontos fortes da heroína nos quadrinhos — e que parece ter sido muito bem aproveitado no seriado. Afinal, se ela não tem um mundinho para chamar de seu, é a oportunidade perfeita para transformá-la no elo que liga todos esses núcleos distintos.

Continua após a publicidade

Ao mesmo tempo, já sabemos que Mulher-Hulk: Defensora de Heróis vai trazer alguns novos rostos para dentro do MCU, além de alguns velhos conhecidos e outros até esquecidos. Assim, para ajudá-lo a se situar em meio a essa bagunça que deve ser a nova série da Marvel, saiba quem é quem nessa mistura de tribunal, autoajuda e quebra de quarta parede que chega ao Disney+ no próximo dia 18 de agosto.

Jennifer Walters/Mulher-Hulk

A grande estrela do show é Jennifer Walters (Tatiana Maslany), uma advogada que vivia em Los Angeles e que tem sua vida transformada após o reencontro com seu primo, Bruce Banner (Mark Ruffalo).

Nos quadrinhos, a dupla é atacada por criminosos e Walters fica entre a vida e a morte, sendo salva por uma transfusão de sangue feita por Banner. Isso faz com que ela seja afetada também pelos efeitos dos raios gama, transformando-se na Mulher-Hulk. Na série, porém, devemos ver uma mudança de leve nessa origem: ao invés de uma contaminação via transfusão, ela deve entrar em contato com o sangue do primo após um acidente de trânsito.

De qualquer forma, o resultado é igual: Jennifer vai deixar de ser a advogada franzina para se tornar uma gigante cor de jade de mais de dois metros de altura e extremamente forte. A diferença em relação ao Hulk é que ela ainda mantém a proporção humana de seu corpo e, o que é mais importante, segue sem qualquer tipo de transformação em seu estado mental.

Isso significa que ela não é descontrolada como o Hulk já foi um dia, o que faz com que a sua transformação seja bastante benéfica. Afinal, ela se torna muito mais atraente e confiante de si quando está na forma de Mulher-Hulk.

Continua após a publicidade

Além disso, a sua nova forma ainda vai trazer alguns benefícios profissionais. Ela vai ser contratada por um escritório de advocacia para cuidar de uma divisão especializada em casos sobre-humanos — e o seu sorriso verde vai ser a cara desse novo departamento.

E, assim como nos quadrinhos, ela deve ser uma das únicas heroínas a saber que é uma personagem, quebrando a quarta parede e conversando diretamente com o espectador.

Bruce Banner/Mark Ruffalo

Continua após a publicidade

O Gigante Esmeralda dispensa apresentações. O Hulk é o herói mais antigo em atividade no MCU e um dos mais presentes nesses quase 40 filmes e séries lançados até aqui. Só que, ao longo desses mais de dez anos de história, muita coisa aconteceu.

Depois de ter sofrido um acidente radioativo com raios gama, Banner se transformou no Hulk e sempre ficou nesse limiar do monstro e do herói. Foi caçado pelo Exército (e pelo ex-sogro) em O Incrível Hulk quando ainda era interpretado por Edward Norton, entrou para os Vingadores e ganhou um ótimo suporte de relações públicas para limpar sua imagem diante do público — mesmo sendo essa arma de destruição em massa ambulante. Chegou a se isolar no espaço, onde se tornou um gladiador alienígena, e voltou para a Terra para enfrentar Thanos.

No fim das contas, Banner assumiu a personalidade e finalmente temos o Hulk inteligente nas telas. E, em Mulher-Hulk: Defensora de Heróis, ele deve servir como o mentor para sua prima na hora de ensiná-la a controlar a ferocidade do Hulk e usar a força verde a seu favor — embora ela pareça ter um dom natural para lidar com isso.

Um detalhe: ao que parece, a mão que foi destruída após ter usado a Manopla do Infinito na luta contra Thanos finalmente foi recuperada.

Continua após a publicidade

Wong

O mago Wong (Benedict Wong) surgiu no MCU como o ajudante e companheiro do Doutor Estranho (Benedict Cumberbatch), mas não demorou para se tornar mais relevante a ponto de se tornar ele mesmo o Mago Supremo da Terra.

Não ficou claro qual será a sua participação em Mulher-Hulk: Defensora de Heróis. No trailer da série, ele surge na sala de Jennifer Walters para falar sobre a sua responsabilidade de cuidar do universo e toda essa ladainha que os feiticeiros adoram falar. Contudo, é bem provável que ele tenha sido intimado a depor no caso envolvendo Emil Blonsky (Tim Roth), com que Wong costuma participar de lutas ilegais em arenas na China.

Continua após a publicidade

Emil Blonsky/Abominável

Se você pegou o MCU andando, pode ser que não saiba exatamente quem é o Abominável. Ele foi o vilão de O Incrível Hulk, o segundo filme da Marvel lançado no distante ano de 2008. Ele era um soldado que se torna um mercenário contratado para capturar o Hulk. Incapaz de encarar o Gigante Esmeralda, ele aceita participar de experimentos que igualem sua força — o que o transforma em um monstro ainda pior.

E ele ficou sumido do MCU até Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, quando o vimos participar de lutas clandestinas ao lado de Wong. E, ao que tudo indica, ele vai finalmente ser julgado em Mulher-Hulk: Defensora de heróis, com Jennifer Walters sendo encarregada de defendê-lo.

Continua após a publicidade

Ainda não está claro qual vai ser o seu papel na série, mas uma coisa parece óbvia: o seu retorno no seriado parece estar conectado com o anúncio de Thunderbolts, o filme da Marvel que vai criar uma equipe formada só de vilões. Assim, é bem provável que vejamos as ações de Mulher-Hulk resultado no surgimento desse grupo.

Mary Macpherran/Titânia

Eis a grande incógnita de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis. A vilã Titânia (Jameela Jamil) foi uma das primeiras personagens confirmadas na série, mas ninguém sabe muito o que esperar de sua participação na trama. Nos quadrinhos, ela foi transformada em rival da Mulher-Hulk, mas nunca houve uma razão muito clara para essa tensão entre elas além do fato de estarmos falando de duas mulheres extremamente fortes.

Continua após a publicidade

Na verdade, a sua origem no gibi também beira o aleatório em um nível impressionante. Durante a primeira saga Guerras Secretas, ela é uma humana que é levada por engano para o mundo criado pelo Beyonder para que heróis e vilões se enfrentassem. Sem saber onde estava, o Doutor Destino oferece a ela poderes para ajudar a enfrentar os mocinhos. Ela aceita e vira essa gigante porradeira.

Na série, vimos algumas imagens dela dentro de um tribunal e também caindo no soco com a Mulher-Hulk. O contexto disso, até agora, é um mistério.

Matt Murdock/Demolidor

Continua após a publicidade

O retorno definitivo do Demolidor (Charlie Cox) ao MCU vai finalmente acontecer. Alguns rumores já apontavam a presença de Matt Murdock em Mulher-Hulk: Defensora de Heróis, mas o último trailer da série confirmou que o Homem Sem Medo está de volta também com sua identidade heróica e usando o clássico uniforme amarelo.

Ainda não sabemos o contexto dessa participação, mas é até um tanto óbvio o encontro de Jennifer Walters e Murdock nos tribunais, já que ambos são advogados e vivem nesse campo da atividade heróica. Só não sabemos se eles estarão do mesmo lado do julgamento.

Outros nomes

É claro que Mulher-Hulk: Defensora de Heróis não deve limitar seu elenco apenas a esse grupo. Já foi confirmado que teremos a presença do Homem-Sapo em pelo menos um dos episódios. Ele é filho de um vilão do Demolidor que usou a tecnologia criada pelo seu pai para (tentar) virar um herói vestido de sapo.

Continua após a publicidade

Além disso, há rumores que apontam que devemos ter também uma participação surpresa de Kevin Feige, presidente do Marvel Studios, em um dos episódios para reforçar a quebra da quarta parede da série. Há também um certo burburinho sobre uma eventual aparição — ainda que nas sombras — do Coisa.

Caso isso aconteça, a desacreditada série vai trazer de volta não só o Demolidor ao MCU, mas também o Quarteto Fantástico da Terra-616. Um feito digno da Sensacional Mulher Hulk.

Contrariando as estreias anteriores da Marvel, Mulher-Hulk: Defensora de Heróis chega ao Disney+ no dia 18 de agosto e terá novos episódios a cada quinta-feira.