Michael Keaton precisou ler roteiro de Flash "mais de três vezes" para entender

Michael Keaton precisou ler roteiro de Flash "mais de três vezes" para entender

Por Laísa Trojaike | Editado por Jones Oliveira | 19 de Agosto de 2021 às 15h30
Warner Bros./DC

A onda dos multiversos apenas começou a ser explorado e um dos mais aguardados retornos é o de Michael Keaton como Bruce Wayne, personagem que interpretou nos filmes Batman (1989) e Batman Returns (1992). No vindouro The Flash, o ator irá reviver o universo oitentista do morcegão e parece que uma viagem temporal de dar nó na cabeça está a caminho com o novo roteiro do Universo Estendido da DC (DCEU, na sigla em inglês).

Em uma entrevista que rendeu a matéria de capa do The Hollywood Reporter, Keaton comenta que aceitou o papel para ter a chance de voltar e dar o melhor de si no personagem. O que ele não esperava era a complexidade do roteiro. O ator explicou que precisou “ler mais de três vezes” o script de The Flash, além de precisar que alguns elementos fossem explicados diversas vezes para ele.

Na sequência, ele enfatizou que espera não estar “sendo arrogante” e chegou a chamar a si mesmo de “estúpido”, indicando que o comentário não deveria ser entendido como uma crítica à roteirista Christina Hodson (Aves de Rapina, Bumblebee). “Tem um monte de coisa que eu não sei. Então, sei lá... Eu meio que tentei entender, mas isso foi diferente”.

Imagem: Reprodução/Warner Bros.

Keaton também comentou em que sentido sua performance pode mudar e a notícia é ótima para quem gosta do seu Bruce Wayne, porque o ator parece estar retornando com uma versão bem mais madura do trabalho que desenvolveu nos clássicos. Ele próprio disse ter sentido isso em alguma medida quando retornou para a sequência dos anos 1990:

"Eu entendo isso em um outro nível agora. Eu respeito totalmente isso. Eu respeito o que as pessoas estão tentando fazer. Eu nunca olhei para isso como 'Ah, isso é apenas uma besteira'. Não foi uma coisa boba quando fiz o Batman. Mas se tornou uma coisa gigante culturalmente. É icônico. Portanto, tenho ainda mais respeito por isso, pois o que eu sei? Isso é muito importante para as pessoas. Você tem que honrar e respeitar isso".

Imagem: Reprodução/Columbia Pictures/Marvel

Ao final desse trecho, Keaton deixou claro que, apesar de toda a sua experiência, até mesmo ele ficou impressionado como o que viu no roteiro, indicando a trama como algo realmente enorme e difícil de entender. Os roteiros cientificamente complexos (mesmo que nem sempre muito acurados) têm intrigado o ator em outros trabalhos e, na ocasião, ele chegou a comentar sobre Morbius, no qual reprisa seu papel como Abutre:

"Eu fico balançando a cabeça como se eu soubesse do que diabos eles estão falando. Eu fico dizendo 'Aham, aham', mas estou pensando 'Você pode muito bem estar explicando a física quântica agora para mim. Tudo que sei é que conheço meu cara. E eu sei o básico'. Então, finalmente, eles estavam olhando para mim e começaram a rir. Eles disseram: 'Você não sabe do que estamos falando, né?' Eu disse: 'Não, eu não faço ideia do que vocês estão falando'".

The Flash tem estreia prevista para 4 de novembro de 2022. Antes disso, poderemos ver Michael Keaton em The Protégé (20 de agosto de 2021) e em Morbius (janeiro de 2022).

Fonte: IndieWire, THR

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.