Michael Keaton conta como é vestir o uniforme do Batman 30 anos depois

Michael Keaton conta como é vestir o uniforme do Batman 30 anos depois

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 12 de Agosto de 2021 às 16h16
Warner

Um dos grandes destaques de The Flash, o próximo filme do Universo Cinematográfico Estendido da DC (DCEU, na sigla em inglês), é o retorno do ator Michael Keaton ao papel de Batman. Ele interpretou o Homem-Morcego na versão de 1989 e, três décadas depois, volta a encarnar o herói. E ele comentou um pouco sobre como foi vestir o uniforme mais uma vez.

Em entrevista ao canal Jake’s Takes, Keaton contou que foi muito estranho voltar a vestir a mesma roupa de couro que ele usou há mais de 30 anos, mas que bastou começar a contracenar com ela para que todas as memórias da época voltassem. Segundo ele, apesar de todo o desconforto com o traje, era como se a sua memória muscular fizesse com que ele se adaptasse e se lembrasse exatamente como era ser o personagem — e todas as limitações envolvidas.

Traje do filme de 1989 não era nada prático e ator está precisando ser lembrado disso na marra (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Vale destacar que o primeiro uniforme do Batman nos cinemas era bem diferente das versões mais modernas que vimos na trilogia Cavaleiro das Trevas ou no Liga da Justiça de Zack Snyder. Isso porque o uniforme era feito inteiramente de couro e vinil, o que fazia com que fosse quase impossível se movimentar. Tanto que quem assistir ao longa de 1989 vai perceber que Michael Keaton não consegue mover o pescoço e, para olhar para os lados, precisa movimentar o corpo inteiro — ou seja, além de muito desconfortável, nada prático.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O ator também foi questionado se chegou a comentar com o diretor Tim Burton sobre esse retorno ao mundo do Homem-Morcego, visto que foi a dupla a grande responsável por eternizar o herói nos cinemas. Contudo, Keaton revelou que não chegou a conversar sobre o assunto, porque há outros temas a tratar com o cineasta.

A relação entre Keaton e Burton é próxima desde aquela época. Tanto que o próprio ator já revelou que abandonou o papel de Bruce Wayne e não quis participar de Batman Eternamente porque a Warner decidiu tirar Burton da direção, substituindo-o por Joel Schumacher e adotando um tom mais cômico ao personagem que, até então, tinha sido apresentado de uma forma muito mais sombria nas telonas.

Fonte: Jake's Takes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.