As 10 melhores adaptações de livros para o cinema

As 10 melhores adaptações de livros para o cinema

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 06 de Julho de 2021 às 10h20
20th Century Fox, Focus, Warner Bros., A24

Adaptar é uma tarefa difícil. Como colocou o crítico de cinema do Canaltech, Sihan Felix, no artigo sobre o assunto, "a mente de um fã é quase sempre levada a acreditar que a narrativa e o visual que ele construiu em seu mundo particular seria o melhor resultado possível para a construção audiovisual". Adaptações cinematográficas são uma bomba-relógio na mão de um diretor, e vale destacar que mesmo ele fazendo o melhor trabalho de sua carreira, obter uma recepção positiva e unânime estará sempre fora de cogitação.

No entanto, mesmo com uma missão tão difícil, há quem se arrisque, independentemente da legião de fãs que as obras literárias possuam, e consiga entregar um trabalho de agrado universal: tanto para quem já consumiu o título que originou aquele filme quanto para quem está tendo o primeiro contato com a história naquele trabalho. Há filmes que, inclusive, acabaram sendo mais famosos e populares do que os livros que os originaram, como é o caso de O Poderoso Chefão, por exemplo.

Pensando nisso, o Canaltech selecionou 10 livros que foram adaptados para os cinemas (pensando, é claro, na história e construção dos acontecimentos nas páginas que originaram os longa-metragens). Veja a lista abaixo, com os respectivos links para assistir em plataformas de streaming.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

10. O Quarto de Jack

(Imagem: Divulgação / A24)

O Quarto de Jack ganhou notoriedade após ser reconhecido pela crítica especializada em 2015 e ser indicado a diversas premiações na temporada, incluindo o primeiro Oscar de Brie Larson como Melhor Atriz. O filme também chegou a consolidar a carreira do pequeno Jacob Tremblay, cuja difícil tarefa de transmitir a inocência de um garoto que passou a vida inteira crescendo com quatro paredes a sua volta foi digna dos prêmios que recebeu durante o período.

O livro, Room, de Emma Donoghue, não precisou de toda a magia do cinema para entregar uma história tensa, angustiante e, acima de tudo, com muita emoção. Numa leitura de percorrer ansiosamente as páginas, a inquietação e o ato de devorar cada palavra sem fôlego foi transmitido muito bem para as telonas sob a ótica do diretor Lenny Abrahamson.

O Quarto de Jack está disponível na Netflix e no Telecine Play.

9. Emma.

(Imagem: Divulgação / Focus Features)

Romances de época têm um charme único — afinal, não é à toa que não cansamos de assistir obras como Orgulho e Preconceito, de 2005. Jane Austen, um grande nome do gênero literário, assinou outras histórias icônicas além do romance entre Mr. Darcy e Elizabeth: Emma., que teve sua releitura lançada recentemente e protagonizada por Anya Taylor-Joy, é um dos exemplos que contou com uma boa adaptação.

Há um toque moderno na adaptação de Autumn de Wilde que torna a sátira social original de Jane Austen engraçada, atraente e nada cansativa. Muito do charme vem de Taylor-Joy, cujo olhar nervoso e curioso dá à Emma uma nova roupagem e caracterização.

Emma. está disponível no Telecine Play.

8. Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer

(Imagem: Divulgação / Fox Searchlight Pictures)

O título pode soar agressivo, mas Eu, Você e a Garota que Vai Morrer é um filme adolescente com o tom e atmosfera cativante que dificilmente vemos em obras do tipo desde John Hughes. O longa acompanha Greg, um adolescente que não se encaixa em nenhuma tribo de sua escola e atualmente leva o último ano do ensino médio da forma mais anônima possível: evitando interações sociais, almoçando com um de seus professores e fazendo em segredo alguns filmes caseiros com Earl, seu único amigo. No entanto, esse anonimato é abalado quando sua mãe o pede para interagir com Rachel, uma colega de classe que enfrenta a leucemia.

A obra literária é de Jesse Andrews, que também assinou o roteiro do longa — por causa disso, os acontecimentos são tão bem encaixados, fluidos e de acordo com os eventos lidos nas páginas do livro.

7. Se Enlouquecer Não Se Apaixone

(Imagem: Divulgação / Focus Features)

Inspirado por suas próprias experiências, o romance de 2006 Se Enlouquecer Não Se Apaixone (It's Kind of a Funny Story, no idioma oficial) segue o adolescente Craig Gilner, que quer se matar. Após parar num hospital psiquiátrico, sua vida muda completamente pelas amizades reais e um romance feitos nos corredores cinzentos do local.

O livro, escrito por Ned Vizzini, chegou a ser considerado um dos melhores títulos para jovens adultos em 2007, selecionado pela American Library Association. Assim como nas páginas, o filme passa esse tom de ternura e desilusão para as telas numa jornada introspectiva e pessoal muito profunda, mas, assim como tudo na vida, há um final feliz que pode não ser o que esperávamos, mas que sempre esteve ali.

Se Enlouquecer Não Se Apaixone está disponível para aluguel no Google Play e no Clarovideo.

6. Extraordinário

(Imagem: Divulgação / Lionsgate)

Estrelado por Jacob Tremblay (que falamos lá em cima em O Quarto de Jack), Extraordinário segue o pequeno Auggie Pullman, um garoto que nasceu com uma deformidade facial e precisou passar por 27 cirurgias plásticas durante a infância. Aos 10 anos, ele finalmente começa a frequentar uma escola regular, como qualquer outra criança, pela primeira vez. No entanto, com o rosto diferente dos demais colegas de classe, ele precisa se esforçar para conseguir se encaixar em sua nova realidade.

O livro de R. J. Palacio tem narração em primeira pessoa tanto de Auggie quanto de Olivia, sua irmã, e outros personagens que rodeiam a vida do protagonista. O filme contou com outras estrelas do cinema, como Julia Roberts e Owen Wilson, e mesmo tendo algumas modificações em seu enredo, ainda conseguiu trazer a história leve e inocente para as telas, propondo uma reflexão do nível do livro.

Extraordinário está disponível no Telecine Play.

5. Adoráveis Mulheres

(Imagem: Divulgação / Sony Pictures)

Adoráveis Mulheres também se encaixa como uma obra de época nessa lista (e cujas adaptações cinematográficas agradam muito os fãs de Orgulho e Preconceito e Emma.). O livro Mulherzinhas, de Louisa May Alcott, que inspirou ambos filmes, é de inspiração autobiográfica da autora, e foi publicado em 1868. A obra acompanha a história de quatro irmãs que cresceram entre os anos 1861 e 1865, durante a Guerra Civil dos EUA.

Nos cinemas, o livro contou com uma adaptação recente, em 2019, dirigida por Greta Gerwig e estrelada por nomes como Saoirse Ronan, Florence Pugh, Emma Watson entre outros nomes. Em 1996, Winona Ryder, Christian Bale, Kirsten Dunst e outras estrelas também fizeram parte do elenco da releitura da obra.

Adoráveis Mulheres está disponível na Netflix (versão de 1994).

4. Clube da Luta

(Imagem: Divulgação / 20th Century Fox)

Um dos maiores sucessos do cinema também não poderia deixar de estar presente nesta lista. Clube da Luta, que foi traduzido para as telas sob a óptica de ninguém menos que David Fincher, é hoje um dos maiores clássicos do cinema, e não é à toa: o filme ganha pela coesão do roteiro de Jim Uhls e competência da atuação de Brad Pitt, Helena Bonham Carter e Edward Norton — este que dá um show à parte na narração em primeira pessoa.

O longa de Fincher foi baseado no livro homônimo de Chuck Palahniuk e tem um dos plot twists mais famosos do cinema.

Clube da Luta está disponível no Prime Video.

3. Um Estranho no Ninho

(Imagem: Divulgação / Warner Home Video)

O autor de Um Estranho no Ninho, Ken Kesey, não gostou da adaptação cinematográfica de 1975 de seu romance de 1962, mas isso não torna a obra dispensável. O filme foi o segundo da história a ganhar o Oscar do que a Academia e o público popularmente chama de "Os Cinco Grandes" (Melhor Filme, Diretor, Ator, Atriz e Roteiro) e continua sendo um clássico consagrado até os dias atuais.

Ambientado em uma clínica psiquiátrica, a história segue Randall McMurphy, um indivíduo de espírito livre que termina fugindo do local e lidera os pacientes em uma rebelião contra a equipe opressivai, chefiada pela enfermeira Ratched.

Um Estranho no Ninho está disponível para aluguel no Clarovideo.

2. Senhor dos Anéis

(Imagem: Divulgação / New Line Cinema)

Baseado na obra de J. R. R. Tolkien, O Senhor dos Anéis originou filmes que mudaram o cinema permanentemente: aclamado pela crítica e reconhecido pelo maior prêmio da indústria, Peter Jackson foi o responsável por trazer às telonas um mundo repleto de fantasia e aventura que conquistou uma legião inteira de fãs.

Em uma terra fantástica e única, um hobbit recebe de presente de seu tio um anel mágico e maligno que precisa ser destruído antes que caia nas mãos erradas. Frodo tem um caminho árduo pela frente, encontrando perigo, medo e seres bizarros. Ao seu lado, para cumprir esta jornada, ele deve confiar em outros hobbits, um elfo, um anão, dois humanos e um mago, totalizando nove seres que formam a Sociedade do Anel.

Senhor dos Anéis está disponível no HBO Max.

1. Harry Potter

(Imagem: Divulgação / Warner Bros.)

A saga mais querida de todo o cinema e literatura pode ter seus defeitos ao passar o conteúdo dos livros fielmente para as telonas, mas a experiência está longe de ser dispensável por coisas pontuais. Harry Potter foi um verdadeiro fenômeno e originou oito filmes e construiu um verdadeiro império na indústria do entretenimento: além dos livros e obras cinematográficas, a saga originou diversos produtos colecionáveis, parques de diversão, peças de teatro, jogos digitais e muito, muito mais.

Harry Potter acompanha o menino que dá nome à série. Órfão e vivendo com os tios, tudo muda quando Hagrid bate à sua porta e revela algo que vai mudar sua vida para sempre: ele é, na verdade, filho de dois poderosos bruxos e precisa adentrar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, onde fará amigos incríveis, aprenderá novos feitiços, descobrirá novas criaturas e, consequentemente, enfrentará novos medos.

Harry Potter está disponível no HBO Max.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.