Emma Stone desiste de processo contra a Disney e vai fazer Cruella 2

Emma Stone desiste de processo contra a Disney e vai fazer Cruella 2

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 16 de Agosto de 2021 às 16h16
Disney+

Cruella chegou aos cinemas no fim de maio e não demorou muito para os rumores de uma sequência começarem. No entanto, parece que somente agora a atriz Emma Stone chegou a um acordo com a Disney para estrelar o segundo filme.

A notícia vem diretamente do Deadline e alguns dias após os rumores de que a atriz estaria considerando juntar-se à Scarlett Johansson no processo contra a empresa devido ao lançamento híbrido do filme. A informação, na época, foi dada pelo ex-editor do The Hollywood Reporter, Matt Belloni, que publica a Newsletter informativa What I'm Hearing. No boletim, ele relatou que a atriz estaria "avaliando suas opções".

(Imagem: Divulgação / Walt Disney Pictures)

No início de junho, foi revelado que o roteirista Tony McNamara e o diretor Craig Gillespie já estariam com os retornos definidos para Cruella 2, e agora parece que o projeto vai enfim sair do papel com a volta de Emma Stone para a trama. Não se sabe ao certo se o filme também contará com Joel Fry e Paul Walter Hauser reprisando seus papéis como Jasper e Horace.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Sobre a trama, não há detalhes, mas, considerando a forma que Cruella terminou, é inevitável dizer que a história pode seguir para várias direções. Antes do lançamento do primeiro filme, tanto Emma Stone quanto Emma Thompson, que atuou como a antagonista Baronesa von Hellman no longa, cogitaram estar abertas para a possibilidade de atuarem juntas novamente em um spin-off ou sequência.

Ao Rotten Tomatoes, as atrizes deram a entender que um filme derivado, como O Poderoso Chefão - Parte II, funcionaria para ampliar a história da vilã mais bem vestida da Disney. Dado o final de Cruella e a forma como sua vida foi contada, seria válido e possível ver o novo ícone da moda londrina assumindo um papel de chefe do crime e de sua nova mansão, Hell Hall.

(Imagem: Divulgação / Walt Disney Pictures)

No entanto, também seria interessante ver a história se expandir para outros lados além de Cruella de Vil ou da Baronesa von Hellman. Uma série no Disney+ centrada em Horace e Jasper também seria interessante para os fãs, visto que seus personagens tiveram destaque no longa e conquistaram muito mais espectadores do que no clássico da animação 101 Dálmatas. Não seria a primeira vez que a Disney faria algo do tipo, visto que uma produção centrada em Gaston e LeFou, de A Bela e a Fera, lançado em 2017, está sendo desenvolvida exclusivamente para o streaming.

Cruella é um dos novos live-actions do Walt Disney Studios. Estrelado por Emma Stone, Emma Thompson, Mark Strong, Paul Walter Hauser, Joel Fry Kirby Howell-Baptiste. O roteiro é de Dana Fox (Como Ser Solteira) e Tony McNamara (A Favorita), em história criada por Aline Brosh McKenna (O Diabo Veste Prada), Kelly Marcel (Venom) e Steve Zissis (Togetherness). Glenn Close, a Cruella original de 101 Dálmatas, atua como produtora executiva.

O filme se passa em meio à Londres de 1970, no meio da revolução punk rock na metrópole inglesa, acompanhando os primeiros dias da vilã mais bem vestida da Disney e sua ascensão à bem-sucedida carreira de designer de moda. Assista já no Disney+.

Fonte: Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.