Cobra Kai | Referências e easter eggs que você não viu

Por Natalie Rosa | 11 de Setembro de 2020 às 11h17
YouTube
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

Cobra Kai estreou na Netflix no fim de agosto e, desde então, vem conquistando um público nostálgico e garantindo a sua posição entre os 10 títulos mais assistidos da plataforma de streaming. A produção, inicialmente original do YouTube, é derivada dos clássicos filmes Karate Kid, da década de 1980, trazendo à tela os principais atores da franquia para contar como estão os personagens nos dias de hoje.

Johnny Lawrence (William Zabka) e Daniel Larusso (Ralph Macchio) estão de volta para mais duas temporadas de rivalidade, mas desta vez sob a perspectiva de Johnny e tudo o que ele passou com o seu perverso sensei John Kreese (Martin Kove). Para contar essa história, a série traz muitos momentos de nostalgia com uma trilha sonora digna da época e cenas dos próprios filmes para incrementar o roteiro.

Imagem: Divulgação/Netflix

E são justamente todas essas lembranças de um tempo que não volta mais que tornam a série tão atrativa. Pensando nisso, o Canaltech listou alguns easter eggs e referências presentes nos episódios de Cobra Kai e explicar o seu contexto.

Primeira temporada

Episódio 1, Ace Degenerate

Já no primeiro episódio a série nos traz imagens originais de Karate Kid, com uma luta entre Daniel e Johnny, além de registros que não foram mostrados no longa. Jon Hurwitz, produtor executivo de Cobra Kai, conta que uma das primeiras coisas a serem feitas antes de começar a gravar a trama foi perguntar à Sony se eles tinham acesso a essas imagens.

"Eles disseram que sim, mas os negativos estavam enterrados em minas de sal muito longes e não tinham ideia de qual era a condição deles. Avance alguns meses e foi como uma manhã de Natal quando, de repente, recebemos um e-mail com todos os tipos de material nunca usados", diz Hurwitz.

Episódio 2, "Strike First"

No episódio 2, Johnny já está treinando Miguel (Xolo Maridueña) e, em determinado momento, o jovem pergunta: "Hey, sensei, tem algum jeito específico que você quer que eu lave essas janelas?". Então, ele responde "I don't give a shit", algo como: "Eu não dou a mínima".

A resposta, no entanto, faz referência aos treinos de Daniel com Myiagi, que eram bem detalhados, com o sensei também sendo bem atencioso. Enquanto Myiagi explicava ao aluno que ele tinha que "wax on" e "wax off" (encerar para dentro e para fora), Johnny simplesmente não se importava com a forma em que a atividade fosse realizada, contanto que fosse terminada bem feita.

Imagem: Divulgação/Netflix

Episódio 7, "All Valley"

Lá no fim da primeira temporada, Cobra Kai nos presenteia com uma reprodução atual da cena original de Karate Kid, quando Daniel vai a um encontro com Ali (Elizabeth Shue) para o Golf N' Stuff. Na versão atual, o passeio acontece entre Samantha (Mary Mouser) e Miguel. Hurwitz revela que a placa do local foi toda criada com efeitos especiais, criando o local da maneira mais fiel possível.

As gravações foram feitas em um local chamado Fun Zone, na cidade de Atlanta, que já contava com um espaço de mini-golfe, ideal para reproduzir uma parte da cena original, além de outros elementos que chegaram ao divertido resultado final. O mais curioso desse episódio é que graças ao designer de produto da série, Ryan Berg, foi possível conseguir o mesmo jogo de arcade do filme, o Super Chexx Hockey, além de uma cabine de fotos bem oitentista.

Episódio 10, "Mercy"

Na primeira visita de Daniel e Robby (Tanner Buchanan) à casa de Myiagi, o carro vintage amarelo de Daniel, que ele ganhou de presente do sensei, aparece sutilmente embaixo da lona fazendo a sua primeira aparição. Hurwitz diz que ao final das gravações de Karate Kid, Ralph Macchio de fato ganhou o carro da produção, o mantendo intacto até os dias de hoje. A sugestão de colocar o veículo na série, inclusive, veio do próprio ator.

Imagem: Divulgação/Netflix

Segunda temporada

Episódio 2, "Back in Black"

Quando Kreese retorna à cidade e visita o dojo de Johnny, não demora muito para que ele se encontre com Daniel. Quando isso acontece, o aluno de Myiagi pergunta como estão as juntas de seus dedos, fazendo referência ao momento que aconteceu no segundo filme de Karate Kid.

Na cena, no estacionamento após o All Valley Tournament, Myiagi e Kreese lutam e toda vez que o sensei do dojo Cobra Kai tenta acertar o rival, acaba socando várias janelas de carros, e acaba com as mãos sangrando. Além disso, como explica Hayden Schlossberg, produtor executivo da série, os alunos de Cobra Kai precisam fazer flexões usando as juntas dos dedos toda vez que erram alguma coisa.

Imagem: Divulgação/Netflix

Episódio 4 , "The Moment of Truth"

Lá no episódio 4 da segunda temporada de Cobra Kai, Kreese diz a seguinte frase, em referência ao terceiro filme de Karate Kid: "Um dos meus amigos de guerra me ofereceu um emprego", tentando convencer Johnny que está bem e mudou de vida. O ex-sensei está falando de Terry Silver, um colega que foi soldado no Vietnã que financiou o dojo, se tornando um dos antagonistas da trama. Curiosamente, Kreese foi vingado por Terry fazendo com que as juntas dos dedos de Daniel sangrassem.

Episódio 5, "All In"

No quinto episódio da segunda temporada, Kreese demonstra em Johnny um movimento chamado "estrangulamento reverso", que foi feito no aluno na segunda parte de Karate Kid. Josh Heald, também produtor executivo da série, conta que na hora de coreografar as lutas de Cobra Kai, o objetivo era se aproximar o máximo possível dos filmes da franquia.

"Sabendo que Kreese é capaz de lutar sujo, assim como ele fez no estacionamento em Karate Kid III, faz sentido que ele usasse esse movimento para demonstrar uma forma de imobilizar um oponente, o dando poucas chances de se recuperar", explica Heald, contando achar incrível conseguir fazer referência a algo de uma forma que vai além do diálogo entre personagens.

Episódio 6, "Take a Right"

Um dos momentos mais emocionantes para os saudosos da franquia Karate Kid aconteceu no sexto episódio da segunda temporada, quando Johnny recebe uma ligação do seu amigo Bobby, que também treinava no dojo Cobra Kai. Juntos, eles visitam Tommy, que está internado, e Jimmy, formando a gangue completa.

A equipe de Cobra Kai em Karate Kid (Divulgação:Columbia Pictures)

Heald explica que Johnny se tornou uma pessoa muito solitária e que a sua personalidade não o possibilitou ter muitos amigos, então a produção decidiu reviver algumas dessas amizades do passado enquanto navegavam pelo trauma que ele passou na juventude. "Como super fãs, foi uma viagem trazer Ron Thomas, Rob Garrison e Tony O'Dell de volta ao mundo Cobra Kai", explica o produtor. "Como o grupo permaneceu próximo com o passar dos anos, todo mundo trouxe uma história real para ser compartilhada com suas atuações", completa.

A história de Rob Garrison se tornou mais emocionante ainda, uma vez que o ator faleceu menos de um ano após as gravações da sua participação na série. "Ele estava muito emocionado por ter a chance de habitar esse personagem mais uma vez. Em seu último e-mail a mim, ele escreveu 'Estou muito grato e me sinto vivo de novo'. Sua performance fez todos nós nos sentirmos mais vivos", diz Heald.

Quando Tommy morre na série, após uma noite divertida ao lado dos amigos, seu corpo é fechado em um saco de dormir, sendo outro easter egg relacionado à frase bastante famosa dos filmes, dita pelo próprio personagem. "É uma das frases mais famosas do Karate Kid original. Também é algo complicado para um adolescente gritar nos cantos de um torneio de caratê para menores de 18 anos a um competidor", comenta Hurwitz. Os produtores contam que usaram a frase pesada e transformaram em algo poético, de uma forma genuinamente emocionante.

Imagem: Divulgação/Netflix

Episódio 7, "Lull"

Este, talvez, seja um dos easter eggs menos perceptíveis de toda a série. Quando Daniel leva seus alunos a um armário resfriador de carne para um treinamento no frio, as caixas que estão lá estão rotuladas com adesivos escrito "Fernandez Meats", algo como Carnes do Fernandez. A referência é para o início de Karate Kid, assim que Daniel se muda para o condomínio em Reseda.

A primeira pessoa com quem o personagem conversa quando se muda é Freddy Fernandez, que está usando uma camiseta com a frase "Makin' Bacon", ou "Fazendo Bacon". Então, ao que tudo indica, Fernandez realmente entrou para o negócio das carnes com a sua própria empresa.

Tem algum easter egg de Cobra Kai para compartilhar? Deixe aqui nos comentários!

Cobra Kai está disponível na Netflix em duas temporadas.

Fonte: EW

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.