Brasil é 2º país que mais consome streaming no mundo

Brasil é 2º país que mais consome streaming no mundo

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 16 de Agosto de 2021 às 12h55
Matheus Bigogno/Canaltech

O Brasil é o segundo país que mais consome streaming no mundo. Um levantamento feito pela empresa Finder mostrou que 64,58% da população assina pelo menos um serviço do tipo, o que mostra a força dessas plataformas por aqui. E, sem grandes surpresas, a Netflix lidera a preferência do usuário tupiniquim.

O estudo foi realizado em 18 países a partir de dados coletados pelo Google Survey e mostra como as plataformas de streaming passaram a fazer parte de nossas vidas. E a média brasileira chama a atenção principalmente por estar bem acima do índice global, que é de 55,68%. Com isso, os brasileiros ficam apenas atrás dos neozelandeses quando o assunto é aderir a esse tipo de formato. A Irlanda completa o pódio com 63,19%.

Sem grandes surpresas, a Netflix segue liderando a preferência do brasileiro (Imagem: Envato/twenty20photos)

Já em termos de preferência de serviço, a Netflix segue sendo a principal referência do consumidor. Ao todo, 52,69% dos entrevistados disseram assinar o serviço — na prática, uma a cada duas pessoas. O Prime Video vem na segunda colocação com 16,87%, seguido de Disney+ (12,09%), Globoplay (9,96%) e Claro Video (2,64%). A HBO Max não entrou para o levantamento por ter sido lançada por aqui apenas recentemente.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

E por mais que esses números nos ajudem a ter uma real dimensão da popularidade desses serviços, eles apenas indicam aquilo que a gente já via na prática. Mesmo sendo a assinatura mais cara entre os serviços analisados, a Netflix segue sendo a referência para o consumidor quando o assunto é streaming — a ponto de, para muita gente, marca e serviço serem sinônimos.

O streaming é delas

Por outro lado, um dado que realmente chama a atenção é a distinção por gênero entre os assinantes, que mostra que as mulheres são as verdadeiras entusiastas do formato digital. De acordo com a Finder, 65,98% das brasileiras disseram assinar algum serviço, enquanto os homens ficaram na faixa dos 64,02%.

E o que chama a atenção é que elas lideram também em cada uma das plataformas, com exceção apenas do Prime Video, que é assinado mais por homens (17,73%) do que por mulheres (15,43%).

Confira o comparativo abaixo:

Netflix

  • Mulheres: 53,72%
  • Homens:52,27%

Disney+

  • Mulheres: 13,36%
  • Homens: 10,82%

Prime Video

  • Mulheres: 15,43%
  • Homens: 17,73%

Globoplay

  • Mulheres: 11,16%
  • Homens: 8,97%

Claro Video

  • Mulheres: 2,75%
  • Homens: 2,37%

Fonte: Finder

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.