Após processo de Scarlett Johansson, ex-CEO da Disney aponta culpados pela crise

Após processo de Scarlett Johansson, ex-CEO da Disney aponta culpados pela crise

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 05 de Agosto de 2021 às 11h52
Marvel Studios

O processo de Scarlett Johansson contra a Disney segue dando o que falar e chegando, inclusive, aos figurões de Hollywood. Tanto que o próprio ex-presidente da The Walt Disney Company, Bob Iger, teria se mostrado envergonhado com o modo como as coisas foram conduzidas e até mesmo apontado eventuais culpados por toda essa bagunça.

De acordo com o The Wrap, uma fonte dentro da própria empresa afirmou que Iger está se sentindo muito mal com todos os acontecimentos recentes e que teria culpado o seu sucessor, Bob Chapek, pela má condução do caso envolvendo o lançamento de Viúva Negra e o contrato de Scarlett Johansson.

Segundo site, Bob Iger (à esq.) teria apontado seu sucessor, Bob Chapek (à dir.), como responsável pela crise envolvendo a Viúva Negra (Imagem: Divulgação/Walt Disney Company)

Diante das acusações, a chefe de comunicação da Disney, Zenia Mucha, afirmou ao site que nada dessa história é verdade, mas não entrou em detalhes sobre esse mal-estar dentro da companhia. Contudo, como muita gente lembrou, teria sido a própria Mucha a responsável por publicar a carta em resposta à atriz na semana passada e que foi muito mal recebida pelo público, piorando a crise.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Apesar de não ocupar mais o cargo de CEO da empresa desde o fim de 2020, Bob Iger ainda é visto com muito respeito pela própria Disney, já que foi durante a sua gestão de 15 anos que a companhia teve um crescimento expressivo para todas as áreas do entretenimento. Foi durante os anos de 2005 e 2020 que a Casa do Mickey adquiriu o Marvel Studios, a Lucasfilm e a própria Fox.

Mais do que isso, o período também foi marcado pelo ótimo relacionamento da empresa com seus artistas, algo que vem sendo apontado como uma deficiência de Bob Chapek. E isso gera não apenas um desgaste interno, mas também externo, já que as notícias sobre a disputa judicial e a própria reação da Disney fizeram com que a opinião pública ficasse a favor de Scarlett Johansson — o que serviu também para incentivar outros atores e atrizes a cogitarem movimentos semelhantes.

Fonte: The Wrap

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.