Google e RME capacitam mulheres para o mercado de trabalho

Google e RME capacitam mulheres para o mercado de trabalho

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 29 de Dezembro de 2021 às 11h39
Reprodução/Apple

Desde 2019, a Rede Mulher Empreendedora (RME) treinou e capacitou mais de 200 mil brasileiras. A entidade oferece apoio ao empreendedorismo feminino com programas de integração, capacitação e troca de conhecimento entre brasileiras que têm ou buscam ter seu próprio negócio.

Um dos programas do Instituto RME é o Potência Feminina, que apoia negócios liderados por mulheres. A iniciativa tem parceria do Google.org e oferece três trilhas de conhecimento: empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia. Mais de 35 mil empreendedoras já foram certificadas pelo programa. O projeto oferece ajuda de custo para despesas e manutenção de espaços de dez organizações de diversas regiões do Brasil.

Empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia são os temas abordados nas capacitações da RME (Imagem: Reprodução/Envato/Prostock-studio)

Outra iniciativa é o Ela Pode, que ajuda mulheres a recuperarem a autoestima por meio de capacitações com foco em habilidades como liderança, apresentação em público, educação financeira, negociação e letramento digital. “Acreditamos que quando investimos em mulheres, elas contribuem dando retorno à sociedade”, pondera Ana Fontes, fundadora da RME. “Elas investem na educação dos filhos, no bem-estar das comunidades onde vivem e na construção de um mundo mais igualitário.”

Cresça com o Google

O Cresça com o Google, programa de treinamento e capacitação para desenvolvimento de habilidades de marketing digital e negócios, fez cinco edições dedicadas às mulheres em 2021. Com apoio da RME, tratou de desenvolvimento de carreira, empreendedorismo, tecnologia, retorno ao mercado de trabalho e teve um encontro dedicado às mulheres pretas.

Mais de 70 mil mulheres passaram pelos treinamentos, assistiram a palestras sobre autoestima, trabalho remoto, criatividade, networking e desenvolvimento de marca. O conteúdo de todas as edições está aberto ao público, com disponibilidade imediata e sob demanda.

Investimento no público feminino promove impacto positivo na sociedade (Imagem: Reprodução/Pexels/Christina Morillo)

Susana Ayarza, diretora de Marketing do Google no Brasil, diz que a empresa acredita que todos devem ter acesso às oportunidades que a tecnologia oferece. “Por isso, investimos em parcerias com organizações como a RME, que busca soluções para os desafios enfrentados em cada comunidade”, diz. “Saber que esse esforço promoveu um impacto positivo na vida de tantas mulheres no Brasil nos motiva a continuar, juntas, trabalhando para ampliar o acesso a informação de qualidade e a oportunidades em 2022.”

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.