Fintech Eutbem oferece consórcio voltado para mulheres

Fintech Eutbem oferece consórcio voltado para mulheres

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 21 de Dezembro de 2021 às 19h40
Svitlanah/Envato Elements

Acesso a crédito justo para mulheres. Essa é a proposta da fintech Eutbem, que é a primeira no segmento de consórcio voltada para o público feminino. Já autorizada pelo Banco Central, a empresa quer atuar na venda de consórcios, que hoje é feita quase exclusivamente por grandes bancos e conglomerados financeiros.

Segundo a fintech, a ideia é ajudar as mulheres a realizarem seus sonhos: abrir um negócio, reformar a casa, viajar, estudar, fazer uma cirurgia plástica ou qualquer outro. O mercado de consórcios representa 3,9% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e, em 2020, o setor totalizou R$ 289 bilhões em ativos.

Em outubro de 2021, o segmento atingiu o recorde de consorciados: 8,4 milhões. Dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (Abac) mostram que, apesar de existirem 142 administradoras de consórcio, mais de 50% das cotas pertencem a grandes bancos e conglomerados financeiros.

Fintech cria consórcio voltado para mulheres (Imagem: Reprodução/Envato/Wavebreakmedia)

Apesar de 45% dos lares brasileiros (34,4 milhões) serem chefiados por mulheres — segundo dados de 2019 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) —, somente 35% dos consórcios pertencem a elas, de acordo com a Abac.

A Eutbem quer trazer para as mulheres a mesma oportunidade de conquista de crédito. “A missão da Eutbem é incentivá-las a dar o primeiro passo rumo à realização de seus sonhos, por meio de parcelas acessíveis e com planos simples de entender, sem pegadinhas ou taxas escondidas”, explica Cristina Famano, sócia-fundadora e CEO da Eutbem.

A executiva explica que a companhia quer oferecer um produto com comunicação voltada para as mulheres. “Sem clichês, que dialogue de verdade”, destaca. “Queremos escrever uma nova história no segmento de consórcios, que já é consagrado no Brasil.”

Consórcios de serviços

Os consórcios de serviços foram criados em 2008. Em 2020, foram R$ 461,55 milhões oferecidos em crédito: 171% a mais que em 2019. Em outubro de 2021, o segmento ultrapassou R$ 1 bilhão de créditos comercializados e mais de 197,20 mil cotas ativas.

A oferta de lançamento da Eutbem tem taxa zero até a contemplação, sem cobrança retroativa. Após a contemplação, a taxa mensal é de 0,5% do crédito concedido — se o resgate ocorrer apenas no fim do período, a taxa de administração será zero e o valor do crédito terá sido reajustado pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Os grupos são pequenos, as cartas de crédito variam de R$ 15 mil a R$ 25 mil, a parcelas são a partir de R$ 375 e a duração é de 30 a 40 meses. A contratação pode ser feita pelo site, por telefone (0800 2838 339), por WhatsApp ou por meio de vendedores.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.