Lenovo traz ao Brasil workstations ThinkStation P348 e ThinkCentre Neo 50s

Lenovo traz ao Brasil workstations ThinkStation P348 e ThinkCentre Neo 50s

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 01 de Junho de 2022 às 07h30
Lenovo

Em apresentação realizada nesta terça-feira (31), a Lenovo expandiu seu catálogo de workstations com os novos ThinkStation P348 e ThinkCentre Neo 50s, voltados para o segmento de entrada — ambos prometem ser opções acessíveis para o segmento. Enquanto a primeira visa atender profissionais que precisam de alto desempenho, a segunda busca entregar uma máquina robusta para processamento de dados e gerenciamento de negócios.

ThinkStation P348 traz potência com placas até a RTX 3060

A Lenovo começou sua apresentação destacando como o mercado brasileiro de desktops atingiu um patamar superior ao período de pré-pandemia em 2021, mesmo com o crescimento vertiginoso dos notebooks em virtude da ampla adoção do trabalho remoto ou híbrido.

A empresa atribui a atualização de parques de TI e máquinas profissionais como um dos principais fatores desse crescimento, agora que o trabalho presencial começa a retornar. Pensando nisso, a gigante trouxe ao país duas novidades para a família Think, focando em oferecer recursos e suporte essenciais para profissionais e empresas por preços mais baixos.

O Lenovo ThinkStation P348 traz processadores Intel Rocket Lake de 11ª geração, até 128 GB de RAM DDR4-3200 e placas de vídeo até a Nvidia GeForce RTX 3060 (Imagem: Lenovo)

Mais robusto dos lançamentos, a Lenovo ThinkStation P348 foca em profissionais que precisam de hardware potente e grande poder de processamento gráfico, como desenvolvedores de jogos, pesquisadores e editores de imagem e vídeo. A máquina vem equipada com CPUs Intel Rocket Lake até o Core i9 de 11ª geração, acompanhados de até 128 GB de RAM DDR4-3200 em quad-channel no formato UDIMM, até 1 TB de SSD NVMe M.2 e até 8 TB de HDD.

Um dos pontos essenciais da máquina, o processamento gráfico fica a cargo de uma variedade de opções de placa de vídeo, começando pela mais básica Nvidia T400 com 4 GB de VRAM, passando pela intermediária T600 4 GB e chegando à robusta Nvidia T1000 8 GB. É possível ainda configurar a máquina com uma GeForce RTX 3060 12 GB ou uma AMD Radeon WX3200 4 GB.

Para garantir a melhor performance e estabilidade, o P348 foi certificado por múltiplas ISVs (Independent Software Vendors), as desenvolvedoras de softwares profissionais. Entre as empresas inclusas nessa certificação estão Autodesk (Maya, AutoCAD), Siemens, Adobe, Bentley e muitas outras.

Com hardware potente e certificação de ISVs, o modelo é destinado a profissionais que precisam de elevado poder de processamento, como engenheiros, pesquisadores e até desenvolvedores de games (Imagem: Lenovo)

Fora isso, o lançamento está disponível em versões com Windows ou Linux, e tem acesso ao download do Lenovo Performance Tuner, programa pelo qual é possível gerenciar diferentes aspectos de desempenho do computador.

Como uma workstation, as opções de conectividade são amplas, trazendo duas portas USB-A 3.2 Gen 2, quatro USB-A 3.2 Gen 1, quatro portas USB-A 2.0, conector P2 para fones de ouvido e microfone, leitor de cartões SD opcional, porta Audio Out, HDMI, DisplayPort, VGA e RJ45 para rede cabeada.

Completam o conjunto múltiplos recursos de segurança como trava da BIOS, Power-On Password, que requer a senha assim que a máquina é ligada, trava para teclado, detecção de invasão ao chassi, trava Kensington e trava opcional para o painel de acesso, além de fonte de 500 W 80 Plus Platinum e certificação de aprovação em mais de 200 testes de qualidade e resistência, incluindo provas térmicas, acústicas e de segurança.

O ThinkStation P348 também traz uma ampla gama de recursos de segurança, como Power-On Password, trava da BIOS, detecção de invasão ao chassi e mais (Imagem: Renan da Silva Dores/Canaltech)

A Lenovo confirmou que, com a chegada do P348 como uma solução de entrada, o P340 assume um posicionamento "mainstream", sendo uma opção mais encorpada para quem precisar de mais poder de processamento. Além disso, o uso da 11ª geração teria sido parte do objetivo de manter o preço baixo.

Dito isso, a companhia também revelou que pretende atualizar a linha em breve com o P360, uma opção munida dos novos processadores Intel Alder Lake de 12ª geração. Além do hardware renovado e uma janela de lançamento para "meados de 2022", mais informações não chegaram a ser divulgadas.

ThinkCentre Neo 50s é solução robusta para negócios

Mais compacto, munido de especificações menos encorpadas e focado em produtividade para atender pequenas e médias empresas, o ThinkCentre Neo 50s vem equipado com processadores Intel Alder Lake até o Core i9 de 12ª geração, de modelo não especificado. Por aqui, a Lenovo destaca que, apesar do tamanho reduzido, a workstation é embarcada com hardware de desktop, e não de notebook.

Acompanhando os processadores, o Neo 50s embarca até 64 GB de RAM DDR4-3200, até 1 TB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0 e até 2 TB de HDD. Além disso, é possível configurar a máquina com os gráficos integrados dos processadores, ou ainda com a Intel Iris Xe DG1, a primeira placa de vídeo dedicada da marca recomendada para uso mais básico, mas que exija um pouco mais de potência gráfica.

O Lenovo ThinkCentre Neo 50s vem equipado com processadores Intel Alder Lake de 12ª geração, até 64 GB de RAM DDR4-3200 e placa de vídeo Intel Iris Xe DG1 opcional (Imagem: Renan da Silva Dores/Canaltech)

O Neo 50s faz parte dos esforços de sustentabilidade da marca, tendo 85% do corpo fabricado em material reciclável e sem o uso de tintas para pintura, acompanhado de um sistema de refrigeração chamado pela fabricante de "ICE 5.0". A tecnologia mantém o sistema operando mais frio, e acabaria reduzindo o consumindo de energia, consequentemente amenizando impactos ambientais.

A workstation também apresenta uma boa variedade de conexões, incluindo quatro portas USB-A 3.2 Gen 1, porta USB-C 3.2 Gen 1, duas portas USB-A 2.0, leitor de cartões 7 em 1, conector P2 para fones de ouvido e microfone, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.0, HDMI 2.0, DisplayPort e VGA, e traz recursos de segurança como detector de invasão no chassi e proteções para evitar invasão pelas portas USB.

O ThinkCentre Neo 50s busca ser uma opção potente de workstation para pequenas e médias empresas, com foco em processamento de dados e gerenciamento (Imagem: Lenovo)

Tanto a ThinkStation P348 quanto a ThinkCentre Neo 50s podem ser personalizadas para atender a necessidades específicas de empresas, além de fazerem parte do programa de garantia Premier Support, com contato direto com representantes da empresa para resolução de problemas através de 0800 ou do WhatsApp — a cobertura padrão é de 3 anos para o P348, e de 1 ano para o Neo 50s.

Preço e disponibilidade

As novas workstations da Lenovo estão disponíveis a partir desta terça-feira (31), através do site oficial da empresa, com os seguintes preços sugeridos:

  • Lenovo ThinkStation P348 — a partir de R$ 6.839,99
  • Lenovo ThinkCentre Neo 50s — a partir de R$ 2.999,99

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.