iMac 27 deve ser atualizado para chip M1 e incluir tela Mini LED 120 Hz

iMac 27 deve ser atualizado para chip M1 e incluir tela Mini LED 120 Hz

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 20 de Outubro de 2021 às 11h58
Divulgação/Apple

Quando oficializou o chip M1 no ano passado, a Apple também revelou que a transição completa dos seus notebooks e desktops para o Apple Sillicon levaria algum tempo. Enquanto em 2020 tivemos produtos mais simples, em 2021 chegaram as primeiras máquinas profissionais com o SoC. E 2022 deve guardar mais novidades.

Segundo o insider de excelente histórico Ross Young, já no começo de 2022 os usuários verão novos anúncios em Cupertino. Um novo iMac de 27 polegadas seria lançado. Atualmente apenas a versão de 24 polegadas traz o chip ARM da Maçã, enquanto o modelo de tela maior seguiu sendo disponibilizado com processadores Intel.

(Imagem: Montagem/Renan da Silva Dores/Canaltech)

Para além do Apple Sillicon, o iMac 27 polegadas traria novidades também de display: ele adotaria a tecnologia Mini LED dos novos Macbooks Pro, e também traria taxa de atualização de 120 Hz. Diferente do modelo menor, essa versão pode ter uma pegada um pouco Pro, visando preencher a lacuna deixada pelo iMac Pro.

O anúncio do modelo deve ocorrer até março, ainda segundo o insider. E essa pode não ser a única novidade de começo de ano, já que tem se falado bastante em novos Mac Mini e mesmo um Mac Pro abastecido pelo chip M1 Max, com uma quantidade ainda maior de núcleos de CPU e GPU.

A reconquista da Intel

Se as novas máquinas forem confirmadas, a Apple terá completado sua migração para o Apple Sillicon com sucesso. Assim, a Intel teria uma participação ainda menor no mercado macOS. Algo do qual ela vem sentindo falta.

Recentemente o CEO da empresa manifestou vontade de reconquistar a Apple, mas isso foi pouco antes de Tim Cook revelar o poder de fogo dos M1 Pro e M1 Max — que nos benchmarks de Cupertino ficaram bem à frente dos produtores Intel Core mais robustos. Agora, a empresa estaria interessada em ao menos colaborar na produção dos SoCs proprietários da Maçã.

Vale lembrar, os novos Macbooks Pro já receberam preço para o Brasil — e eles são altos. A disponibilidade ainda é desconhecida, mas acessórios também foram revelados, o que inclui um pano de polimento por mais de R$ 200.

Fonte: Twitter, 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.