SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

PicPay lança corretora de criptomoedas e vai vender Bitcoin a partir de R$ 1

Por| Editado por Claudio Yuge | 10 de Agosto de 2022 às 22h20

Link copiado!

Reprodução/PicPay
Reprodução/PicPay

O PicPay, um dos maiores aplicativos de pagamentos do país com mais de 30 milhões de usuários ativos, lançou uma corretora para negociação de criptomoedas. A iniciativa será disponibilizada aos poucos para todos os clientes. As negociações podem ser feitas a partir de R$ 1, e toda a experiência acontece no app da organização.

Para começar, estarão disponíveis na corretora do PicPay as criptomoedas Bitcoin e Ether, as duas maiores moedas digitais do mundo; e também USDP, uma stablecoin lastreada em dólar emitida pela Paxos, uma organização regulamentada pelo Departamento de Serviços Financeiros de Nova York.

Vale destacar que inicialmente os clientes não poderão realizar operações de saques das criptomoedas, elas terão a custódia no próprio aplicativo. Nesse sentido, a iniciativa do PicPay é como outras fintechs brasileiras que também lançaram a negociação de criptoativos, mas não permitem que os usuários realizem o saque das moedas digitais.

Continua após a publicidade

Bruno Gregory, executivo responsável pelo setor de Cripto e Web3 do PicPay, relatou que o objetivo de lançar uma corretora de criptomoedas é liderar a popularização da tecnologia no Brasil. “O PicPay é um dos players mais disruptivos em meios de pagamentos do Brasil e nosso objetivo é liderar a popularização do mercado de cripto, eliminando a complexidade que ainda é associada a ele e ampliando a informação sobre o tema, para que todo mundo possa se apropriar dessa tecnologia."

Quais bancos e fintechs brasileiros já adotaram as criptomoedas?

Apesar da tendência de baixa que tem impactado negativamente o preço do Bitcoin e das demais criptomoedas, ainda assim o setor chama a atenção do mercado tradicional. Bancos e fintechs acompanham a evolução do segmento e revelam o quanto essa nova modalidade cativa o interesse dos investidores.

Continua após a publicidade

Nesse sentido, instituições bancárias e fintechs brasileiras estão lançando produtos relacionados ao mercado cripto, com soluções voltadas ao investimento em ativos digitais. Confira abaixo quem no Brasil já adotou as criptomoedas.

Fonte: PicPay