Publicidade

Computex 2024 | NVIDIA quer liderar nova revolução industrial com robôs e IA

Por| Editado por Jones Oliveira | 03 de Junho de 2024 às 17h23

Link copiado!

NVIDIA / Divulgação
NVIDIA / Divulgação
Tudo sobre Nvidia

A NVIDIA demonstrou o potencial de suas tecnologias de IA aplicadas à robótica para liderar a nova revolução industrial durante sua conferência pré-Computex, no domingo (2). Os projetos Isaac e GR00T, apresentados originalmente na GTC 2024, combinam modelos fundacionais e bibliotecas aceleradas por GPU para incorporar a Inteligência Artificial e aprendizado de máquina em robôs.

A ideia é promover o desenvolvimento acelerado e seguro da automação industrial, reduzindo ao máximo a necessidade de pessoas para, por exemplo, realizar tarefas arriscadas. Enquanto o Projeto Isaac é mais generalista, e até certo ponto já é utilizado em processos industriais, o Projeto GR00T (Generalist Robot 00 Tecnology) é mais ambicioso e busca viabilizar movimentos naturais em robôs humanoides.

“Construir modelos fundacionais para robôs humanoides gerais é um dos problemas mais empolgantes para resolver em IA hoje. As tecnologias facilitadoras estão se unindo para que os principais roboticistas ao redor do mundo deem grandes saltos em direção à robótica geral artificial”, disse Jensen Huang, CEO da NVIDIA.
Continua após a publicidade

Robótica movida por IA

Muito se fala do potencial da Inteligência Artificial no ganho de produtividade em tarefas meramente computacionais, como processamento de Big Data, criação de imagens e até em games. No entanto, quando Jensen Huang afirma que a IA está promovendo uma nova Revolução Industrial, sua visão é muito mais abrangente.

O IoT industrial já permite automatizar uma série de processos delicados e até arriscados, mas essencialmente, da forma como as linhas de produção são construídas, é preciso ter robôs altamente especializados para cada tipo de processo. Segundo o próprio Huang, todas as coisas que construímos são criadas pensando na nossa estrutura, com cabeça, tronco, braços, mãos e essas ferramentas com as quais nascemos já são precisas e especializadas.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Ao viabilizar robôs humanoides capazes de reproduzir com precisão nossos movimentos naturais, é possível criar maquinários mais gerais, capazes de realizar múltiplas tarefas dentro de uma linha de produção. Com isso, um mesmo robô pode ser redesignado para operações diferentes conforme a demanda, estabelecendo infraestruturas mais concisas, mas igualmente eficientes às atuais, com um tipo de robô para transporte de equipamentos pesados, e outro para manuseio de peças delicadas.

"A incorporação de novas ferramentas para a geração de modelos fundamentais na plataforma Isaac acelera o desenvolvimento de robôs mais inteligentes e flexíveis que podem ser generalizados para realizar muitas tarefas", disse Deepu Talla, Vice-presidente de Robótica e Computação de Borda na NVIDIA.

Os projetos Isaac e GR00T ainda estão em estágios de desenvolvimento, mas já são compatíveis com SoCs, como os NVIDIA Thor, que, entre outras aplicações, serão utilizados em veículos autônomos. 

Continua após a publicidade

O Canaltech viajou à Taipé, Taiwan, para cobrir a Computex 2024 a convite da Taitra.