Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Sony quer Sydney Sweeney em adaptação de heroína erótica

Por| Editado por Durval Ramos | 14 de Maio de 2024 às 11h18

Link copiado!

Reprodução/HBO, Paramount Pictures
Reprodução/HBO, Paramount Pictures

Sydney Sweeney se tornou uma das atrizes mais requisitadas de Hollywood após o sucesso de Todos Menos Você e sua participação em Euphoria. A atriz, que também é produtora, está envolvida no remake de um clássico erótico de ficção científica dos anos 60, Barbarella, que pode ter ganhado diretor na figura de Edgar Wright, de Scott Pilgrim Contra o Mundo.

De acordo com o site Deadline Hollywood, a Sony Pictures estaria em negociações com o diretor de Noite Passada em SohoEm Ritmo de Fuga para que ele assuma o remake. Sweeney já estava conectada à produção há certo tempo e continua como a nova versão da personagem originalmente interpretada por Jane Fonda.

Continua após a publicidade

Um impedimento que deve fazer com que o filme demore um pouco para sair é o fato de Wright estar trabalhando em outra adaptação de O Sobrevivente, ficção científica baseada em livro de Stephen King que será estrelada por Glen Powell, parceiro de cena de Sweeney em Todos Menos Você.

Barbarella, um símbolo sexual dos anos 60

Barbarella é baseado em uma história em quadrinhos francesa, e foi lançado nos cinemas em 1968. Estrelado por Jane Fonda, o filme mostra o ano 40.000, com a astronauta Barbarella patrulhando o espaço em busca do criminoso Durand Durand, que inventou uma arma que pode colocar em risco bilhões de vidas em todo o universo. 

O filme ficou bastante conhecido pelo seu erotismo, já que na busca pelo bandido, Barbarella acaba conhecendo uma nova forma de fazer sexo, seduz um anjo cego e destrói uma máquina sexual que mata de prazer quem é preso nela.

O filme foi alvo de várias críticas pelo fato de ser uma grande desculpa para mostrar o corpo nu de Jane Fonda, como a cena em que ela tira a roupa de astronauta em gravidade zero, o que reforçou a imagem da atriz como símbolo sexual dos anos 60.

Não se sabe o quão sexualizada será a nova versão da história com Sydney Sweeney, uma jovem atriz que não tem muito problema em se despir na frente das câmeras. Barbarella, que será escrito por Jane Goodman, roteirista de Kingsman: Serviço Secreto e X-Men: Primeira Classe, ainda não tem previsão de estreia.