Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Os 7 melhores filmes brasileiros de 2023

Por| Editado por Durval Ramos | 27 de Dezembro de 2023 às 19h05

Link copiado!

Star Original, Biônica,Símio, Paris Entretenimento
Star Original, Biônica,Símio, Paris Entretenimento

O ano de 2023 foi recheado de boas surpresas para os fãs do cinema brasileiro. Ao todo, foram lançados diversos títulos de diferentes gêneros que prenderam o público em frente às telonas. As biografias, por exemplo, ganharam atenção com lançamentos como Angela, que contou a vida de uma socialite brasileira que foi vítima de feminicídio, e Mamonas Assassinas: O Filme, que mostrou como uma das bandas mais queridas do Brasil surgiu e acabou de repente devido à um acidente aéreo.

Além deles, também tiveram títulos para os fãs de drama, terror, suspense e besteirol, isso sem falar nos natalinos O Primeiro Natal do Mundo, com Lázaro Ramos e Ingrid Guimarães e Ritmo de Natal com Taís Araújo. A verdade é que seja fazendo rir, chorar ou dando sustos, o cinema brasileiro já provou sua excelência, e em 2023 entregou um banquete para quem ainda duvida da sua capacidade.

Continua após a publicidade

7. Meu nome é Gal

No sétimo lugar da nossa lista está Meu Nome é Gal, uma cinebiografia deliciosa, mas que deixou um pouco a desejar ao não entregar a história completa da cantora baiana mais afinada do Brasil.

Interpretada por Sophie Charlotte, Gal ganha forma e contornos à medida que a história avança e mostra desde a sua juventude na Bahia até o momento em que ela se muda para o Rio de Janeiro e se torna uma das cantoras mais requisitadas do momento. Ao lado de amigos como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Dedé Gadelha e Rogério Duarte, a jovem baiana descobre a potência da sua voz e os desafios de enfrentar a Ditadura Militar na década de 1960 e 1970.

Com uma performance brilhante de Sophie e do resto do elenco — especialmente de Dandara Ferreira como Maria Bethânia —, o filme é um abraço nos fãs de MPB. Quem quiser assisti-lo, o encontra na Apple TV+ e Google Play.

6. Nosso Sonho

De uma cinebiografia para outra, chegamos a Nosso Sonho, um filme que conta a história da dupla de funkeiros Claudinho e Buchecha, e mostra a parceria profissional e pessoal que a dupla tinha. Estrelado por Juan Paiva e Lucas Penteado, o filme chegou aos cinemas em setembro e foi considerado um dos maiores sucessos nacionais do ano, levando cerca de 500 mil pessoas ao cinema.

Continua após a publicidade

No elenco, também estão o veterano Antonio Pitanga, além de Isabela Garcia, Negão da BL, FP do Trem Bala, Gabriel do Borel, Reinaldo Júnior, Tatiana Tiburcio e Nando Cunha. A direção ficou por conta de Eduardo Albergaria que, em comunicado oficial, ressaltou a satisfação de ver o filme conquistando a audiência e ainda comentou como o longa dá luz à grupos subrepresentados.

“Nosso Sonho deixa um legado de incontáveis reações emocionadas, da forte aceitação por setores historicamente subrepresentados pelo cinema nacional, da resposta extremamente positiva a um tratamento mais lírico e dramático do que sociológico da cultura periférica brasileira.”

Quem quiser assistir ao filme, o encontra na Apple TV+ e Google Play+.

5. Retratos Fantasmas

Continua após a publicidade

Criado e dirigido por Kleber Mendonça Filho, Retratos Fantasmas é um documentário que mostra, por meio de depoimentos, fotos de arquivo e vídeos antigos como a cidade de Recife se transformou com o passar do tempo e como os cinemas de rua foram acabando para dar lugares a lojas e outros estabelecimentos comerciais.

Por meio de um olhar sensível, Kleber traça um paralelo entre passado e futuro e consegue fazer o espectador refletir sobre especulação imobiliária, avanço do capitalismo e deteriorização da cidade. Usando os cinemas como fio condutor, ele ainda conta como as salas ditavam o comportamento da população da época.

Mesmo quem não for ou não conhecer Recife, conseguirá se encantar com essa obra que está disponível na Netflix e que infelizmente ficou de fora da disputa do Oscar 2024.

Continua após a publicidade

4. Mussum: O Filmis

Outro filme brasileiro lançado em 2023 e que vale a pena dar uma chance é Mussum: O Filmis. Dirigido por Silvio Guindane (A Divisão), o longa traz três atores revezando o papel do protagonista e conta desde a infância até o apogueu de Mussum, um homem negro e favelado que se tornou uma das figuras mais emblemáticas do nosso país.

Nascido no Rio de Janeiro sob o nome de Antônio Carlos Bernardes Gomes, Mussum era filho de uma empregada doméstica analfabeta que fazia de tudo para lhe dar uma vida boa. Com o passar do tempo, e a contragosto da sua mãe, ele ingressou para o grupo Os Originais do Samba, no qual fez sua carreira musical e, mais tarde, participou da Escolinha do Professor Raimundo, o que alavancou sua carreira no humor.

Continua após a publicidade

Os altos e baixos da sua vida são contados neste longa sensível que, apesar de alguns momentos engraçados, é mais dramático do que alegre. A atuação de Ailton Graça como o protagonista é certamente o ponto alto da trama, mas outros destaques não podem ser esquecidos como Cacau Protássio e Neusa Borges que dividem o papel de Malvina — mãe de Mussum — em diferentes fases da vida.

Quem quiser assistir ao longa também o encontra no Google Play e Apple TV+.

3. Pedágio

Continua após a publicidade

Um dos dramas brasileiros mais comentados em 2023 também não poderia ficar de fora da nossa lista. Sucesso em festivais nacionais e internacionais, Pedágio conta a história de uma mulher chamada Suellen que trabalha como cobradora de pedágio em uma cidade pequena.

Um dia, ao desconfiar que seu filho é homossexual, ela decide inscrevê-lo num programa de cura gay, promovido por um pastor estrangeiro. Só que para arcar com os custos do programa, ela terá que praticar algumas atividades ilegais que colocam sua reputação em risco.

Fazendo um retrato satírico das práticas político-religiosas no Brasil, a diretora e roteirista Carolina Markowicz reuniu no elenco Kauan Alvarenga, Maeve Jinkings e Thomás Aquino, sendo que estes dois também trabalharam juntos na série Os Outros e DNA do Crime.

Considerado por muitos especialistas como o melhor nacional do ano, Pedágio chegou aos cinemas em novembro.

Continua após a publicidade

2. O Sequestro do Voo 375

No segundo lugar da nossa lista de melhores filmes brasileiros de 2023 está um que conta como aconteceu uma das piores tragédias aéreas já ocorridas no Brasil. O Sequestro do Voo 375, mostra como Nonato, um maranhense desesperado com sua situação financeira e decepcionado com o governo de José Sarney, sequestra um avião para jogá-lo contra o Palácio do Planalto e matar o presidente.

Armado e completamente fora de si, ele deixa os passageiros e os tripulantes em pânico, mas graças à destreza do piloto Murilo, o desfecho é menos pior do que o esperado.

Continua após a publicidade

Com excelentes atuações, o filme de Marcus Baldini faz uma adaptação bem fiel à tragédia acontecida com o voo da VASP em 1988, e mostra a fragilidade do espaço aéreo brasileiro naquela época. O sequestro, inclusive, é citado como uma inspiração para o terrorista Osama bin Laden.

1. Propriedade

Finalmente chegamos ao topo da nossa lista de melhores filmes brasileiros de 2023, e o pódio vai para Propriedade, um longa que mistura drama, ação e suspense para contar uma história simples, mas com muitas camadas.

Continua após a publicidade

Na trama, Tereza é uma estilista de classe média alta que está se recuperando de um assalto. Seu marido, empenhado em ajudá-la, lhe compra um carro blindado e os dois partem juntos para a fazenda do casal. Chegando lá, eles encontram os trabalhadores revoltados porque foram despedidos e terão que deixar as terras. 

A partir daí, o que poderia ser uma simples discussão se torna um verdadeiro absurdo e quanto mais o tempo passa, pior a situação fica.

Com um final surpreendente e chocante, Propriedade é um filme de poucas palavras mas muito confronto. No elenco estão Malu Galli, Clebia Souza, Tavinho Teixeira e Sandro Guerra.