Martin Scorsese recebe presentes da filha embrulhados com papel dos Vingadores

Por Felipe Demartini | 26 de Dezembro de 2019 às 12h47

A filha do diretor Martin Scorsese decidiu fazer uma brincadeira um tanto arriscada com o pai na véspera de Natal. Em postagem feita em sua conta no Instagram, Francesca Scorsese mostra os papéis com os quais embrulhou os presentes do cineasta, trazendo as figuras célebres do Capitão América, Hulk, Homem Formiga e outros membros dos Vingadores.

A imagem, acompanhada de emojis e de um coração no cartão, logo virou piada nas redes sociais, principalmente no Reddit e no Twitter. É uma referência às declarações de Scorsese, que em outubro de 2019 afirmou que os longas do Universo Cinematográfico da Marvel não são cinema e defendendo que, por mais que os longas sejam bem produzidos e contem com atores de qualidade, as experiências que eles proporcionam são mais parecidas com parques temáticos.

A brincadeira, claro, chamou a atenção, com até mesmo outros cineastas entrando na onda e fazendo provocações um tanto quanto ácidas. James Gunn, diretor da franquia Guardiões da Galáxia e do vindouro Esquadrão Suicida 2, com estreia marcada para 2021, fez referência a um dos filmes menos prestigiados de Scorsese no Twitter. “Isso me constrange menos do que o papel de Ilha do Medo com o qual meu sobrinho embrulhou os presentes”, disse, ao compartilhar a imagem de Francesca.

Foi uma piada, então é claro que Martin Scorsese não se pronunciou sobre o assunto. Para tristeza dos fãs, a própria Francesca também não registrou a reação do pai ao receber os presentes, nem falou mais sobre a surpresa em suas redes sociais.

Após realizar a declaração que chamou atenção dos fãs de filmes de herói, Scorsese recuou, afirmando que os longas dessa categoria são as bases de sustentação do mercado atual, representando uma nova forma de arte. A fala aconteceu durante a divulgação de sua mais recente obra, O Irlandês, que estreou na Netflix há algumas semanas e vem sendo cotado ao Oscar. Para ele, é importante que exista espaço para outros filmes que não os grandes blockbusters e que os serviços de streaming deem o mesmo tipo de oportunidade dada a ele também a outros cineastas.

Outro cineasta que também despertou a ira dos fãs de heróis foi Francis Ford Coppola, que chamou os longas dessa categoria de desprezíveis. Concorde você com eles ou não, vale a pena refletir um pouco sobre o assunto, enxergar a evolução do cinema como mídia e ler o artigo do nosso crítico Sihan Felix, que esmiúça a questão e traz um pouco do background que levou ao combate online entre diretores e público.

Fonte: Reddit (r/MarvelStudios)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.