Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Divertida Mente 2 | Conheça as novas emoções do filme

Por| Editado por Durval Ramos | 08 de Março de 2024 às 11h04

Link copiado!

Divulgação/Pixar
Divulgação/Pixar
Tudo sobre Walt Disney Company

Está cada vez mais próxima a hora de Divertida Mente 2 estrear nos cinemas. A continuação do filme de 2015 da Pixar chega em 14 de junho nas telonas e a Disney trouxe um novo trailer que explica com mais detalhes a sinopse do longa-metragem e quais aventuras Riley e suas emoções irão viver desta vez. Aliás, são justamente esses novos sentimentos as grandes estrelas do vídeo.

O trailer começa relembrando o público das emoções “primárias” que já faziam parte da garotinha e que estiveram com ela ao longo de todo o primeiro filme. Alegria, Tristeza, Medo, Nojinho e Raiva continuam a comandar as ações da pequena, mas com a chegada do seu aniversário de 13 anos — e a adolescência batendo na porta —, muitas coisas inesperadamente mudam na sala de controle.

Continua após a publicidade

Agora, os sentimentos precisam dividir espaço com novas emoções, como a Ansiedade (a primeira a se apresentar para tentar causar uma boa impressão), a Inveja, o Tédio (carinhosamente chamado de “Tô nem aí’) e a Vergonha. Sentimentos bastante comuns dessa fase da vida e que meninas — ou até mesmo meninos — com certeza já sentiram em algum momento.

O trailer mostra ainda que a ida de Riley para o Ensino Médio causa confusão entre toda a turma, já que a Alegria deseja continuar a resolver os problemas da garota como antigamente, enquanto os novos sentimentos acham que é preciso trocar “o velho pelo novo”.

A divergência, é claro, causa divisão entre todo mundo e, enquanto os antigos moradores são enxotados do lugar, se transformando em emoções reprimidas, os recém-chegados colocam em ação a “operação nova Riley”: fazer com que a menina deixe de lado suas antigas amizades para andar com as garotas descoladas do colégio.

Continua após a publicidade

Maya Hawke é a Ansiedade

Embora todas as emoções apareçam no trailer, é inegável que a Ansiedade é a líder da nova turminha e, assim como a Alegria no primeiro filme, acha que deve ficar responsável pela sala de controle.

O sentimento, inclusive, foi o mais divulgado pela Disney desde as primeiras publicidades do longa-metragem e, segundo o diretor Kelsey Mann em entrevista à Empire Magazine, será muito utilizado para falar sobre a ansiedade social, que costuma aflorar quando queremos nos encaixar e fazer parte de um grupo. No título, a Ansiedade será dublada pela atriz Maya Hawke, a Robin de Stranger Things,

Continua após a publicidade

Ayo Edebiri é a Inveja 

Embora o trailer dublado não faça menção a isso, a divulgação das novas cenas de Divertida Mente 2 revelou um novo nome de peso no elenco do filme. A atriz Ayo Edebiri foi escalada para viver a Inveja, um dos novos sentimentos que vai povoar a mente de Riley — e isso pode indicar os rumos que a trama deve seguir.

Isso porque Edebiri está em um ponto alto de sua carreira, tendo inclusive vencido o Globo de Ouro e o Emmy por sua participação em O Urso. E é fácil pensar que dificilmente a Disney iria chamar alguém assim apenas para fazer uma pequena participação no longa. Assim, embora a Inveja apareça muiti pouco no trailer, é possível supor que ela vai ter um papel maior dentro da história.

Continua após a publicidade

Tédio e Vergonha

Fechando o pacote de novas emoções, Divertida Mente 2 mostrou o visual final de Tédio e Vergonha. E, nesses casos, os personagens apareceram realmente apenas para marcar presença na peça promocional, já que foram mostrados apenas como o alívio cômico da trama. Por isso mesmo, é até difícil imaginar o tamanho da importância que eles terão dentro da história.

No original, a Tédio será dublada pela atriz Adèle Exarchopoulos, de Azul é a Cor Mais Quente e de As Ladras. Já a Vergonha terá a voz de Paul Walter Hauser, de CruellaÓrion e o Escuro.

Continua após a publicidade

Muito aguardado desde seu anúncio em 2022, Divertida Mente 2 terá roteiro de Meg LeFauve. O primeiro longa-metragem, também produzido pela Pixar e lançado pela Disney, foi um tremendo sucesso, arrecadando mais de US$ 850 milhões em todo o mundo e vencendo o Oscar de Melhor Animação, além de ser indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Original.