Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

A Cor Púrpura chega ao streaming

Por| Editado por Durval Ramos | 25 de Abril de 2024 às 18h24

Link copiado!

Divulgação/Warner Bros. Pictures
Divulgação/Warner Bros. Pictures

Quem ainda não teve a oportunidade de assistir a A Cor Púrpura ou apenas deseja rever o filme que chegou em fevereiro nos cinemas brasileiros agora pode fazer isso do conforto de casa. A partir desta sexta-feira (26), o longa-metragem musical chega no catálogo da Max, ficando disponível para todos os seus assinantes.

Dirigido por Blitz the Ambassador (Black is King), o drama de época é inspirado no musical da Broadway de mesmo nome, uma apresentação teatral que, por sua vez, foi baseada no romance epistolar escrito por Alice Walker em 1982. Considerado um clássico desde que chegou às livrarias, o volume foi vencedor do Pulitzer de Ficção, título que fez de Alice a primeira mulher negra a ganhar o prêmio.

Continua após a publicidade

Bastante famoso nos cinemas devido a sua adaptação de 1985 — dirigida por Steven Spielberg (Os Fabelmans) e responsável por lançar Whoopi Goldberg (Mudança de Hábito) ao estrelato — o título ganhou no ano passado esta nova versão musical, que debate temas como racismo, misoginia e desigualdade social por meio de uma impressionante e dramática história.

Uma história de esperança e superação

Ambientado no sul dos EUA, no início do século 20, A Cor Púrpura conta a história de Celie, uma garotinha negra e humilde que após ser abusada sexualmente pelo pai e vendida como esposa e empregada para um homem mais velho, é separada de Nettie, sua irmã e melhor amiga.

Afastada por Mister da única pessoa que sempre esteve ao seu lado, Celie cresce sem nenhum tipo de perspectiva, experimentando uma vida de abusos e maus-tratos, que a fazem achar não ser digna de nenhum tipo de felicidade. Uma realidade que se torna ainda mais triste pelas histórias de preconceito e machismo que se desenrolam a sua volta e que a fazem acreditar que o mundo é apenas um amontoado de infelicidades.

Com o tempo, no entanto, e a chegada da cantora Shug em sua vida, a história de Celie vai aos poucos mudando, influenciada pela força de outras mulheres negras, que trazem outra perspectiva para a sua trajetória.

Filme conta com estrelas da Broadway

Continua após a publicidade

Estrelada por Fantasia Barrino, a atriz e cantora, vencedora da terceira temporada do American Idol, o filme conta ainda com Danielle Brooks (Orange is the New Black) em seu elenco, no papel da espevitada Sofia. 

Grandes artistas de teatro, as atrizes repetiram aqui os papeis que interpretaram na Broadway, no musical de A Cor Púrpura, e Brooks chegou a ser indicada ao Oscar 2024 de Melhor Atriz Coadjuvante por sua interpretação. O longa ainda conta com produção da apresentadora Oprah Winfrey.

Além delas, o filme conta ainda com Colman Domingo (Rustin) no papel de Mister, Taraji P. Henson (Estrelas Além do Tempo) como Shug Avery e Corey Hawkins (Straight Outta Compton) como Harpo. Em uma participação especial, Halle Bailey, que recentemente esteve nos cinemas em A Pequena Sereia, aparece como a versão jovem de Nettie.

Continua após a publicidade

A Cor Púrpura chega nesta sexta-feira (26) à Max.