Proteção de dados é diferencial competitivo para instituições financeiras

Por Redação | 10 de Junho de 2019 às 21h35
Tudo sobre

IBM

Saiba tudo sobre IBM

Ver mais

Com a reinvenção digital dos negócios, os dados agora circulam cada vez mais rápido, e por diferentes rotas: seja através de dispositivos mobile em aplicativos e internet banking para clientes, seja no envio de informações para o governo ou em atividades internas.

A forma que dados são coletados e tratados podem se tornar o diferencial competitivo a instituição financeira. Por isso, garantir sua segurança é primordial. Em um contexto onde cada vez mais países criam regulamentações para proteger os dados, como a GDPR na Europa, o Brasil aprovou em agosto a LGPD: Lei Geral de Proteção de Dados, que visa dar transparência para o dono do dado, como clientes, colaboradores e fornecedores, sobre o tratamento de segurança, armazenamento e coleta dos seus dados.

A lei entra em vigor em 2020, por isso 2019 é o ano de preparação e adequação. A Lei pode multar empresas com 5% do seu faturamento anual, ou R$ 50 milhões, sem falar nos impactos de marca que podem manchar os negócios em longo prazo.

Esse será um dos temas abordados pela IBM no CIAB 2019. Visite nosso estande e saiba como preparar a sua empresa para a nova Lei Geral de Proteção de Dados.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.