CIAB 2019 | Huawei apresenta soluções para digitalizar setor bancário

Por Thaís Augusto | 11 de Junho de 2019 às 22h10
TechCrunch
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A chinesa Huawei está participando do CIAB 2019, o maior evento de tecnologia para o setor financeiro da América Latina. Mais do que smartphones, a empresa está mostrando os seus serviços de infraestrutura que podem impulsionar a transformação digital bancária.

De acordo com a Huawei, entre as soluções oferecidas estão um sistema de comunicação corporativo, serviços de nuvem, segurança da informação, data center, inteligência artificial e conectividade 5G. "A influência da tecnologia no setor financeiro está apenas começando, mas já está em alta velocidade. Sai na frente quem usa a inteligência artificial, machine learning e blockchain, mas é preciso lembrar que todas essas soluções precisam de uma infraestrutura robusta e cada vez mais eficiente para realmente terem efeito", comentou o gerente de produto sênior da Huawei, Daniel Gonçalves. "A Huawei estará no CIAB para apresentar o pacote completo para que fintechs e grandes instituições financeiras possam estar preparadas".

Até 2025, a expectativa é de que todas as empresas usem serviços de nuvem e 77% destas aplicações devem ser alimentadas pela inteligência artificial, de acordo com dados do relatório Global Industry Vision (GIV).

Durante CIAB Febraban 2019, Huawei vai apresentar soluções de infraestrutura para o setor financeiro

A Huawei ainda diz que os millenials, pessoas nascidas entre o início da década de 1980 até o final da década de 1990, serão os responsáveis por fazer com que a transformação digital no setor bancário se torne algo crucial para a evolução da área financeira, e não apenas uma tendência. "O próprio setor financeiro já vivencia uma transformação digital disruptiva, provocada pelo crescimento de bancos digitais, que ganham popularidade por sua agilidade e aproximação com o público que já nasceu inserido neste contexto: os millenials", afirmou a empresa em comunicado.

Durante o CIAB, a Huawei vai trabalhar com estandes para soluções tecnológicos de Enterprise e outro para smartphones. O presidente mundial da Huawei Financial Business, Jason Cao Chong, participará do evento para comentar sobre a transformação digital que impulsiona o uso de serviços financeiros inteligentes. "A transformação digital na China como exemplo prático já a tornou líder em economia digital centrada no consumidor, através de um ecossistema formado por governo, bancos, fintechs, empresas de tecnologia e outros”, comentou o executivo.

A Huawei está há mais de 20 anos no Brasil, mas atualmente atravessa um momento difícil no mercado mundial: em maio, a fabricante chinesa entrou na lista negra comercial dos Estados Unidos. Isso significa que qualquer empresa com sede no país fica proibida de realizar negócios com a Huawei sem a aprovação prévia do governo. Os Estados Unidos deram mais 90 dias para que a empresa chinesa encerre seus negócios e forneça suporte aos usuários existentes. Entenda nesta matéria do Canaltech como consumidores da Huawei serão afetados pela medida.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.