Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Volkswagen tem planos para fabricar carro elétrico no Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Fevereiro de 2024 às 16h45

Link copiado!

Divulgação/Volkswagen
Divulgação/Volkswagen
Tudo sobre Volkswagen

O destino dos R$ 9 bilhões prometidos em investimentos no Brasil pela Volkswagen não prevê a fabricação de um carro elétrico nacional até 2028. A ideia de colocar um modelo zero emissor de poluentes nas linhas das plantas no país, porém, não está descartada.

Em entrevista ao podcast CBN Autoesporte, Ciro Possobom, CEO da montadora alemã no Brasil, revelou o que falta para a Volkswagen concluir os estudos e, na prática, incorporar um carro elétrico nacional ao portfólio verde-amarelo.

O “x” da questão, na visão do executivo, é bastante simples: volume de vendas. Para o CEO da Volkswagen, a nacionalização de um carro elétrico só será viável se ele alcançar números parecidos com os do Polo, carro mais emplacado do Brasil em 2023, com 111.242 unidades vendidas.

Continua após a publicidade
“Tem que ter escala. Então estamos trabalhando forte para ter a produção de um elétrico aqui, que seja acessível ao consumidor brasileiro e bom para todos. A gente não quer produzir um elétrico [no Brasil] para vender 10 mil, 20 mil unidades [por ano]. Não dá. Quando falamos na produção de um veículo, tem que vender 100 mil unidades”.

Qual será o Volkswagen elétrico “do Brasil”?

Ciro Possobom não revelou quando, qual ou onde será o primeiro carro elétrico produzido pela Volkswagen no Brasil, mas, ao mesmo tempo em que assegurou que a montadora seguirá trabalhando forte em outras tecnologias — gasolina, flex, híbridos leves e plug-in —, reforçou que o modelo 100% elétrico não ficará apenas no papel.

Continua após a publicidade

“A Volkswagen é uma marca para todos. O consumidor é vasto e nós, como uma das grandes montadoras do mundo, temos um leque de opções muito grande”, concluiu, sem confirmar se a nacionalização do ID.2, hatch elétrico compacto e barato apresentado na Europa, seria a solução para o nosso mercado.

Independentemente do modelo que será fabricado no Brasil, fato é que o carro elétrico nacionalizado da Volkswagen não chegará antes do término do atual ciclo de investimentos, que será fechado em 2028.

É possível, portanto, que ele se torne realidade entre 2029 e 2032, quando um novo (e bilionário) aporte certamente será feito pela marca alemã na indústria automotiva do país.