Preview Porsche Macan 2023 | SUV pode chamar atenção pelo custo-benefício

Preview Porsche Macan 2023 | SUV pode chamar atenção pelo custo-benefício

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 03 de Maio de 2022 às 17h30
Divulgação/Rockset/ Porsche

O novo Porsche Macan 2023 foi anunciado recentemente pela montadora alemã com mudanças importantes quando comparado com o modelo anterior. Todas as opções de motores (2.0 turbo e 2.9 V6) ficaram mais potentes e a parte interna também recebeu melhorias, como um novo console central a mais equipamentos.

A versão de entrada do carro mais barato da Porsche no Brasil, que recebe a nomenclatura simples "Macan", pode ser considerada o melhor custo-benefício em toda a linha da marca no país, já que consegue ter um ótimo motor, dirigibilidade padrão Porsche e muita tecnologia embarcada. O problema, talvez, seja o espaço interno.

O Porsche Macan 2023 em sua versão de entrada, com motor 2.0 turbo (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O Canaltech foi convidado pela Porsche Brasil para experimentar em primeira mão como a versão de entrada do SUV compacto da marca se comporta na estrada e na cidade e vai te contar em detalhes as primeiras impressões do Porsche Macan 2023.

Porsche Macan 2023: Primeiras impressões

Antes de conversarmos sobre como é dirigir o Porsche Macan, é necessário posicioná-lo para o leitor do Canaltech, de modo que seja mais claro entender por que achamos o SUV de entrada da marca um bom custo-benefício.

Esse modelo é o carro mais barato da marca no Brasil, considerado pelos alemães como um SUV compacto, posicionado abaixo do Porsche Cayenne, bem maior tanto por dentro quanto por fora. Seus concorrentes diretos vão desde Volvo XC40 e XC60 (segundo a própria Porsche), a BMW X3 e Mercedes GLC.

Com isso em mente, é possível dizer que entre todos os carros da Porsche à venda no Brasil, o Macan, em sua versão de entrada, seja o que mais valia a pena. O segredo está em seu pacote mecânico, que no modelo 2023 está 12cv mais potente quando comparamos com o anterior.

Não parece, mas o Porsche Macan é um SUV compacto (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O propulsor 2.0 turbo entrega 265cv e 40,7 kgf/m de torque, suficientes para fazer o SUV ir de 0 a 100 km/h em apenas 6,4 segundos e uma velocidade máxima de 232 km/h. Se não anda mais do que potenciais rivais, sobretudo os eletrificados, o Macan compensa com sua dirigibilidade semelhante a de outros modelos da marca. Ele é um verdadeiro Porsche.

As curvas são muito seguras e há bom nível de absorção dos impactos em nossas ruas — afinal, estamos falando de um SUV. A posição de guiar, mesmo mais alta, é agradável, com o console central mais elevado ajudando a passar uma sensação de "abraço" na posição de volante.

Na estrada, ambiente em que mais passamos com o Macan, tudo acontece do jeito que o motorista quiser. O modo de condução padrão ajuda no conforto e a ter poucos ruídos na cabine, mas entrega segurança e economia de combustível em cruzeiro. Nos modos Sport e Sport Plus, porém, tudo fica mais arisco e barulhento — além de divertido.

A traseira do Macan traz um filete de LED que interliga as duas lanternas (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

O ponto negativo dentro do Macan foi seu espaço interno. Ter um habitáculo favorável para quem vai na parte da frente e um ótimo porta-malas de 488 litros cobrou seu preço na segunda fileira de bancos. Pessoas com mais de 1,80m, a depender de quem estiver à frente, vão sofrer um pouco.

Em compensação, os bancos são absurdamente confortáveis e contam com um acabamento em couro primoroso, como era de se esperar de um Porsche. Painel, portas e console central também esbanjam luxo e sobriedade, características marcantes da montadora de Stuttgart.

O painel luxuoso do Porsche Macan (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

No aspecto tecnológico e de segurança, o Porsche Macan em sua versão de entrada conta com alerta de ponto cego e sistema de permanência em faixa. A central multimídia, a exemplo do Porsche Panamera avaliado pelo Canaltech, não traz Android Auto.

Já em termos de design, a Porsche afirma que foram sutis, a começar por pára-lamas mais musculosos e um efeito tridimensional nas portas. Dianteira e traseira também receberam ajustes.

Porsche Macan 2023: Avaliação inicial

Se não é o mais potente nem o mais completo da gama, o Porsche Macan 2023 atende pelo seu excelente custo-benefício, já que traz excelente motor e bom pacote de equipamentos — além de luxo e sofisticação em cada detalhe.

O Porsche Macan 2023 pode ser encomendado em versões que vão de R$ 440 mil a R$ 670 mil. As entregas começam no segundo semestre de 2022.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.