Prévia | Novo Nissan Kicks eleva patamar tecnológico para encarar rivais

Prévia | Novo Nissan Kicks eleva patamar tecnológico para encarar rivais

Por Felipe Ribeiro | 25 de Fevereiro de 2021 às 19h15
Murilo Góes/ Nissan

O Nissan Kicks é um dos SUVs mais vendidos do Brasil há alguns anos, tendo conquistado inúmeros clientes desde seu lançamento por se apresentar como um produto confiável, bonito e eficiente. Mas chega uma hora em que são necessárias mudanças para seguir competindo firme no mercado, que pede cada vez mais tecnologia, conforto e segurança. Para seguir encarando seus principais rivais com qualidade, a fabricante japonesa deu um belo banho de loja em seu crossover.

A linha 2022 do Kicks não é tratada como uma nova geração pela Nissan, mas seus avanços com relação ao modelo que foi lançado por aqui em 2016 podem fazer com que estejamos diante de um novo carro, apesar de as sensações ao guiá-lo sejam exatamente as mesmas no quesito desempenho.

Itens como o alerta de colisão frontal, sistema de frenagem automática de emergência, alerta de mudança de faixa, identificador de ponto cego, sistema de tráfego cruzado e o controle de chassi garantem que o Nissan Kicks 2022 eleve seu patamar tecnológico para encarar os principais rivais, como o Volkswagen T-Cross, Chevrolet Tracker e o novo Jeep Renegade, que deve chegar ainda este ano.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Canaltech teve a oportunidade de conhecer e passar algumas horas com a versao Exclusive, a topo de linha do novo Nissan Kicks 2022. Veja abaixo nossas primeiras impressões.

Conectividade e Segurança

O novo Nissan Kicks 2022 mostra que evoluiu absurdamente quando abordamos o quesito segurança. Guiar o carro, por mais que em termos de desempenho seja a mesma coisa do modelo antigo, nos transmite uma sensação de proteção muito maior, como se o carro estivesse nos segurando em situações extremas.

A Nissan decidiu seguir um caminho um pouco diferente para o novo modelo de seu SUV e aposta na tecnologia para fazer frente aos rivais que, em média, possuem crossovers mais divertidos de serem guiados, mas que, talvez, não apresentem, neste momento, o mesmo aparato de segurança. No traçado do Haras Tuiuti, circuito em que avaliamos o Kicks 2022, sentimos que todo o investimento feito pela montadora para o SUV faz, sim, muita diferença.

Foto: Murilo Góes/Nissan

Comecemos por uma que nos chamou muito a atenção e que já estava presente no modelo anterior do SUV, mas que ganhou um upgrade nessa nova versão: o Chassi Control, ou controle de chassi. Essa tecnologia desenvolvida pelos japoneses garante que o motorista tenha total controle do veículo em curvas rápidas e situações extremas, como frenagens bruscas. Na prática, ele é bem diferente dos controles de estabilidade e tração (também presentes no carro), pois atua na estrutura do veículo e isso pode ser percebido em situações bem específicas na pista.

Entretanto, a Nissan não quis parar por aí e acrescentou ao Kicks o Nissan Safety Shield, um conjunto de tecnologias que está presente em modelos mais avançados da marca, como o Nissan Leaf, já avaliado aqui pelo Canaltech. As novidades ficam por conta do Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro (RCTA), o Monitoramento de Ponto Cego (BSW), o Alerta Inteligente de Mudanças de Faixa (LDW) e o Acendimento Inteligente dos Faróis com Ajuste de Altura e Intensidade (HBA). Os dois últimos inéditos no segmento.

Foto: Felipe Ribeiro/Canaltech

O Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro (RCTA) previne colisões e atropelamentos involuntários nas manobras de ré, já que emite sinais para o motorista quando há a aproximação de outro veículo graças aos sensores instalados nas extremidades do para-choque traseiro, que têm alcance de até 20 metros. Já o Monitoramento de Ponto Cego (BSW) e o Alerta Inteligente de Mudanças de Faixa (LDW) são auxílios importantes para mudanças de faixa de rolamento ou em momentos de distração do condutor.

Foto: Murilo Góes/Nissan

O BSW emite alertas visual e sonoro ao detectar um veículo ao lado em uma manobra de troca de faixa, enquanto o LDW avisa ao condutor quando o crossover está cruzando uma faixa de rolamento sem a luz de direção acionada, o que previne colisões por distrações e até mesmo saídas involuntárias da via. O diferencial, porém, é que o carro te avisa dessa manobra com uma vibração no volante, algo novo nessa tecnologia, que já está presente em outros veículos até mais caros, mas que ficam restritos a avisos visuais e sonoros. Durante o uso na pista, em ambiente controlado, deu para perceber a extrema eficiência do recurso.

A câmera 360º para manobras, alerta e sistema de frenagem de emergência, controles de estabilidade e tração e o sensor de estacionamento, presentes na versão anterior do SUV, seguem nesta nova.

Multimídia e Som

Quando vamos para a central multimídia, mais evoluções dentro do Kicks 2022. Agora o SUV traz a central Nissan Connect, equipada com tela de oito polegadas sensível ao toque, boa resolução e respostas rápidas. O diferencial, além do tamanho da tela, é a possibilidade de conectar simultaneamente dois equipamentos via Bluetooth para o uso de um deles em ligações com as mãos livres e outro para ouvir o aplicativo de música, por exemplo.

Para conectar os equipamentos no multimídia ou mesmo carregá-los, o Kicks 2022 traz duas entradas USB, sendo uma delas tipo USB-C, que proporcionam maior velocidade na transmissão de dados e menor tempo de carregamento. As entradas USB-C são compatíveis com as versões USB 3.0 e USB 3.1. Ou seja, ninguém vai reclamar de conectividade a bordo do Kicks. Além disso, sua central também funciona como roteador Wi-Fi, tal qual vimos na Nissan Frontier e no próprio Leaf.

Foto: Felipe Ribeiro/Canaltech

Para completar a experiência, outra excelente novidade: o sistema de som Personal Space assinado pela BOSE. Seu diferencial, porém, está na maior imersão, tornando este, sem dúvidas, o melhor disponível no segmento de SUVs compactos.

Esse sistema proporciona um som potente e equilibrado com a ajuda de oito alto-falantes de alta performance (dois deles são tweeters) e um amplificador digital. O segredo, no entanto, está nos dois alto-falantes Bose UltraNearfield de 2,5 polegadas localizados dentro do encosto de cabeça do banco do motorista. Mas, ao contrário do que imaginávamos, não atrapalha em nada na condução, dando uma experiência ao volante bem equilibrada e agradável.

Conforto e Experiência de Uso

Um dos pontos fortes do Kicks sempre foi o conforto e ele segue sendo na nova versão do SUV. Desta vez, na cabine, sentimos que está tudo mais silencioso e agradável, mesmo que o acabamento, infelizmente, deixe a desejar em alguns aspectos.

De acordo com a montadora, o para-brisa tem tratamento acústico diferenciado para a redução de ruídos internos. Assim, a cabine fica silenciosa mesmo em momentos de fortes acelerações, como pode ser visto na pista do Haras Tuiuti. Os números de redução beiram os 35%, segundo a Nissan.

Foto: Felipe Ribeiro/Canaltech

Além disso, os bancos "gravidade zero", que já estavam presentes no modelo anterior, seguem nesta versão e são bem confortáveis, tanto para quem vai na frente, quanto para os ocupantes de trás, que não sofrem com o espaço, diferentemente de outros modelos.

Já em termos de comportamento, poucas mudanças no Kicks. Seu confiável motor 1.6 de 114 cv dá conta do recado para o uso na cidade, mas não é tão ágil e, em subidas mais pesadas, pode sentir um pouco. Ele, porém, é silencioso e econômico, trabalhando bem com a transmissão CVT. Evidente que o utilizamos na pista e traremos mais detalhes no dia a dia da cidade, mas a impressão é idêntica ao do atual Kicks, que já passou pelas mãos do repórter.

Completam os itens de conforto a chave presencial, ar-condicionado, direção elétrica, bancos com revestimento sintético, retrovisor fotocrômico e a fita do Sem Parar, que pode ser ativada no ato da compra do carro.

Design e acabamento

O que era bom, ficou ainda melhor. O Kicks possui um design jovial no atual modelo, mas no novo, além de transparecer modernidade, ficou mais requintado e elegante. Essa sensação pode ser reforçada pelo novo conjunto óptico, que é 100% em LED, e por suas novas linhas laterais, que passam mais robustez.

Foto: Felipe Ribeiro/Canaltech

Além disso, a grade frontal ficou mais agradável aos olhos, passando uma sensação de mais imponência ao SUV e as novas rodas aro 17, exclusivas da versão topo de linha, são bem bonitas.

Foto: Felipe Ribeiro/Canaltech

Já no acabamento, os mesmos problemas vistos na versão anterior do carro permanecem. Muito embora na versão topo de linha (que é a que testamos) haja um capricho maior, a abundância de plástico duro incomoda.

Veredicto e Coeficiente Canaltech

O Nissan Kicks 2022 evoluiu absurdamente no aspecto tecnológico e apresenta itens de segurança e conforto vistos apenas em carros de segmentos superiores. Mesmo com a ausência de um piloto automático adaptativo, o SUV da Nissan entrega recursos muito interessantes, como o alerta de tráfego traseiro, o sistema de permanência em faixa com alerta háptico nos volantes e o monitoramento de ponto cego.

Apesar de seu desempenho apenas regular, o SUV pode, sim, conquistar mais clientes, pois ficou mais bonito e equipado.

O Nissan Kicks 2022 estará disponível em todo o Brasil em março nas seguintes versões e preços:

  • Sense Manual — R$ 90.390
  • Sense CVT — R$ 98.390
  • Advance CVT — R$ 106.390
  • Advance CVT — (com bancos de couro) R$ 108.390
  • Exclusive CVT — R$ 116.390
  • Exclusive CVT — (com Pack Tech) R$ 119.890 (Versão avaliada pelo Canaltech)

O Canaltech viajou para Tuiuti/SP a convite da Nissan do Brasil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.