Nissan vai lançar 23 novos carros até 2030; 15 serão elétricos

Nissan vai lançar 23 novos carros até 2030; 15 serão elétricos

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 30 de Novembro de 2021 às 19h35
Divulgação/ Nissan

A Nissan anunciou um plano audacioso para sua linha de carros. Em comunicado oficial, a montadora japonesa revelou que vai lançar 23 novos automóveis até 2030, sendo que 15 deles serão 100% elétricos, tanto para a sua marca principal quanto para a luxuosa Infinity.

Para tanto, a empresa terá de fazer um forte e faraônico investimento. As cifras reveladas serão de US$ 17,6 bilhões nos próximos cinco anos, que devem servir para não apenas trazer à vida modelos já em desenvolvimento, como também para criar novos carros e aperfeiçoar as baterias, algo crítico para um veículo zero emissão.

Para simbolizar essa nova fase, a Nissan aproveitou e mostrou alguns conceitos de veículos que devem aparecer em seu lineup nos próximos anos. São eles: a picape compacta Surf-Out, o mini SUV Hang-Out, um SUV compacto chamado de Chill-Out e, por fim, um esportivo apelidado de Max-Out.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

"Estamos orgulhosos de nosso longo histórico de inovação e de nosso papel em entregar a revolução nos carros elétricos. Com essa nova ambição, continuamos a assumir a liderança na aceleração da mudança natural para os automóveis eletrificados, atraindo o cliente por meio de propostas atraentes, os deixando mais entusiasmados para a criação de um mundo mais limpo", disse Ashwani Gupta, COO da Nissan.

A intenção da Nissan é aumentar a venda de carros elétricos até 2030, mas sem garantir, de fato, que todos os carros em desenvolvimento serão necessariamente eletrificados. A empresa japonesa enxerga que o mercado ainda precisará de uma adaptação maior para essa mudança tão brusca de filosofia.

O conceito de mini-SUV Chill-Out podr virar realidade na linha de carros elétricos da Nissan (Imagem: Divulgação/Nissan)

Prova disso são os números de vendas de carros eletrificados que ela estima para seus principais mercados:

  • Europa: 75% das vendas
  • Japão: mais de 55% das vendas
  • China: mais de 40% das vendas
  • Estados Unidos: em 40% das vendas no ano fiscal de 2030

Baterias devem baratear os carros

Um dos motivos que ajudarão a Nissan a vender mais carros elétricos está no interior desses veículos, mais precisamente das baterias. De acordo com a montadora, a adoção de células em estado sólido vai baratear a produção desses veículos e, consequentemente, fará com que os automóveis custem menos ao consumidor.

A redução esperada pela Nissan é de US$ 75 por kWh para US$ 65.

O que há nas ruas?

Atualmente, os dois principais carros elétricos da Nissan disponíveis são o já conhecido Nissan Leaf, que passou por testes no Canaltech, e o SUV Nissan Ariya, à venda somente na Europa, mas que pode chegar ao Brasil no futuro.

Fonte: Nissan

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.