Publicidade

GWM muda Haval H6 antes de iniciar produção no Brasil

Por| Editado por Jones Oliveira | 18 de Abril de 2024 às 14h35

Link copiado!

Divulgação/MIIT
Divulgação/MIIT

O Haval H6, SUV híbrido que a GWM trouxe ao Brasil em 2023 e conquistou o mercado de forma relâmpago, vai mudar em breve. Tais mudanças, porém, a princípio não serão aplicadas no produto que será nacionalizado para sair das esteiras em Iracemápolis, interior de São Paulo.

De acordo com dados e imagens divulgados pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China (MIIT), o Haval H6 recebeu uma reestilização no visual e até nas dimensões, mais especificamente no comprimento, que ganhou 50 milímetros e, agora, totaliza 4,70 metros.

As principais alterações, porém, são as que, literalmente, saltam aos olhos, pois dizem respeito ao design do SUV híbrido chinês. As mudanças foram aplicadas na grade dianteira, no conjunto óptico (tanto na frente quanto atrás) e até no para-choque traseiro.

Continua após a publicidade

É inevitável comparar o Haval H6 reestilizado com os carros elétricos da Peugeot, principalmente em uma olhada rápida. Afinal, o novo conjunto óptico dianteiro adotou luzes em LED ao estilo dentes de sabre, assinatura que a marca francesa utiliza há um bom tempo. Atrás, a principal mudança é em relação às lanternas, que agora não são mais unidas por um filete horizontal.

Motorização não muda

Se por fora a GWM mexeu bastante no novo Haval H6, em termos de motorização, a princípio, nada será alterado. Lá fora, o SUV seguirá disponível tanto em versões a combustão quanto híbridas.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Isso significa que o consumidor local poderá optar pelo Haval H6 com motor turbo 1.5 ou 2.0, além das variantes HEV e PHEV, estas também oferecidas para o mercado brasileiro. A primeira aparição pública do Haval H6 com a “cara nova” será no Salão de Pequim, evento que acontece em breve e contará com a presença in loco da reportagem do Canaltech.