Fiat Pulse | Vendas oficiais foram iniciadas sem versões 1.3; veja o porquê

Fiat Pulse | Vendas oficiais foram iniciadas sem versões 1.3; veja o porquê

Por Felipe Ribeiro | Editado por Luciana Zaramela | 15 de Novembro de 2021 às 17h30
Divulgação/Fiat

O Fiat Pulse terminou a fase de pré-venda obtendo resultados expressivos. Segundo a montadora italiana, o SUV compacto vendeu 9 mil unidades no período, algo que certamente o colocará entre os carros mais vendidos do Brasil em novembro. Outra prova desse sucesso é que, com a abertura das vendas gerais sem a necessidade de reserva, os modelos com motor 1.3, os mais baratos da gama, pararam de ser ofertados no site da marca.

Segundo a Fiat, as primeiras unidades do SUV já começaram a ser entregues aos clientes, mesmo diante do cenário desafiador da produção envolvendo a cadeia automotiva, motivada pela falta de insumos, como semicondutores. De acordo com a montadora, que fez questão de expor totalmente o cenário, as entregas de novas encomendas por parte dos clientes podem demorar até 90 dias para serem concluídas, dependendo da versão do carro.

"Fazendo um exercício hipotético, se emplacássemos esses veículos em um mesmo mês, o Fiat Pulse seria o líder do ranking de vendas no Brasil", comemora Herlander Zola, diretor do Brand Fiat América do Sul e Operações Comerciais Brasil, em clara alusão à quantidade vendida na pré-venda. Para efeito de comparação, o Fiat Argo, carro mais vendido de outubro, não chegou a 9 mil unidades emplacadas.

(Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Não há previsão para a normalização das vendas das versões 1.3 do Pulse, que foram esgotadas na pré-venda. O sucesso dessa variante do SUV se dá pelo seu preço competitivo, que chega a ser menor que algumas versões do hatch Argo, além de contarem com ótimo pacote de equipamentos.

Sobre o Fiat Pulse

O Fiat Pulse é o principal lançamento da Fiat em 2021. O primeiro SUV da montadora fabricado no Brasil teve seu desenvolvimento totalmente realizado no Polo de Betim/MG, principal sítio produtivo do Grupo Stellantis por aqui. Entre as novidades trazidas pelo carro, está o motor 1.0 turbo mais potente do mercado, com 130 cv e 21,4 kgf/m de torque, além de todo o pacote de tecnologia e segurança, que contém Wi-Fi com 4G nativo, assistentes virtuais, comandos remotos pelo celular, frenagem automática de emergência e um sistema de pagamentos online feito diretamente pelo automóvel.

No caso da versão 1.3, que ostenta 107 cv e 13,7 kgf/m de torque, ela pode ser adquirida com duas opções de transmissão: a automática CVT (a mesma da 1.0 turbo) ou manual de cinco velocidades. De série, esse carro conta com central multimídia de 8,4 polegadas, direção elétrica, ar condicionado digital, quatro airbags, controles de estabilidade e tração, hill-holder, conjunto óptico full-LED, distribuição eletrônica de frenagem, rodas de liga-leve, câmera de ré, entre outros itens.

Preços e versões

O Fiat Pulse chega ao mercado brasileiro com uma cartela de versões e preços bem competitiva. Visando um bom volume de vendas, a montadora italiana traz cinco opções de compra, que partem dos R$ 79.990 e chegam até R$ 115.990, sempre com diferentes itens de série e opcionais, que podem ser vistos aqui.

Confira todos os preços e versões abaixo:

  • Drive 1.3 Flex Manual: R$ 79.990
  • Drive 1.3 Flex Automática: R$ 89.990
  • Drive Turbo 200 Flex Automática: R$ 98.990
  • Audace Turbo 200 Flex Automática: R$ 107.990
  • Impetus Turbo 200 Flex Automática: R$ 115.990

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.