Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BYD Dolphin Mini | Pré-venda no Brasil tem bônus de R$10 mil

Por| Editado por Jones Oliveira | 27 de Fevereiro de 2024 às 12h10

Link copiado!

Divulgação/BYD
Divulgação/BYD

O BYD Dolphin Mini, compacto 100% elétrico que promete tirar o sono até mesmo dos carros a combustão que hoje lideram o segmento dos hatches, já está em pré-venda no Brasil. E com uma novidade: um bônus especial.

A montadora chinesa criou uma página especial para o compacto e, por meio dela, é possível realizar um cadastro e, posteriormente, a pré-reserva, via Mercado Livre, de até duas unidades, seja como pessoa física (com CPF) ou jurídica (com o CNPJ).

O preço do carro elétrico que tomará do Renault Kwid E-Tech o posto de mais barato do Brasil em 2024 ficará abaixo dos R$ 99 mil, justamente para ocupar o “trono” da categoria. E será ainda menor para os primeiros clientes que aproveitarem a pré-venda, pois a BYD está oferecendo um bônus de R$ 10 mil aos interessados.

Continua após a publicidade

Como é o BYD Dolphin Mini?

O BYD Dolphin Mini é um hatch compacto que ostenta 3.780 mm de comprimento, 1,71 m de largura, 1,58 m de altura e 2,5 m de entre-eixos. Para efeitos de comparação, ele é 5 centímetros maior que o Kwid elétrico, e com um entre-eixos melhor.

A frente limpa, com faróis em LED e luzes diurnas, as laterais com vincos e a traseira que também conta com lanternas em LED unidas por uma faixa horizontal, são os destaques do design que, para alguns, é ainda mais atraente que o do Dolphin.

Por dentro, o pequeno Golfinho tem como destaques o uso de material de boa qualidade nos acabamentos, o painel de instrumentos digital de 7 polegadas e, claro, a central multimídia giratória, que no Dolphin Mini é de 10,1 polegadas com espelhamento sem fio para Android Auto e Apple CarPlay.

Como anda o BYD Dolphin Mini?

Por ser um hatch compacto, o Dolphin Mini não tem na potência seu principal chamativo, mas, como é 100% elétrico, promete não fazer feio no desempenho e incomodar, principalmente, os líderes do segmento a combustão, como Volkswagen Polo, Chevrolet Onix e Hyundai HB20.

Continua após a publicidade

A BYD equipou o modelo com motor de 75 cv de potência e 13,7 kgf/m de torque, configurações que o levam do 0 aos 100 km/h em 14,9 segundos, e oferecem velocidade máxima de 130 km/h.

As baterias Blade (na versão topo de linha) dão ao BYD Dolphin Mini um alcance de 280 quilômetros por carga, já segundo as medições do PBEV do Inmetro. A eficiência energética é de 0,40 MJ/km, o que o coloca como o melhor do Brasil, e o tempo de recarga prometido em carregadores DC é de 30 minutos — de 30% a 80%.