Apple Car | Analista sugere que General Motors e PSA podem se unir ao projeto

Apple Car | Analista sugere que General Motors e PSA podem se unir ao projeto

Por Felipe Ribeiro | 03 de Fevereiro de 2021 às 08h54
Felipe Ribeiro/ Canaltech

Há alguns meses somos bombardeados com rumores sobre o Apple Car, provável projeto de carro elétrico e autônomo da Apple que ainda não foi anunciado oficialmente pela empresa, mas que já reúne uma porção de informações acerca de seu desenvolvimento e possíveis parceiros, uma vez que a gigante de Cupertino (ainda) não é uma montadora. Desta vez, o analista especializado na companhia, Ming-Chi Kuo, coloca mais duas fabricantes enormes nessa empreitada: a General Motors e o Grupo PSA, que é formado pela Peugeot e a Citroën, mas que hoje, após a fusão com a Fiat-Chrysler (FCA), faz parte do conglomerado Stellantis.

De acordo com o analista, a Apple segue firme na ideia de utilizar a recém-lançada plataforma de carros elétricos da Hyundai, a E-GMP, para o Apple Car, com a General Motors e a PSA atuando em mercados diferentes da gigante sul-coreana. Essa plataforma faz uso de dois motores elétricos e tem uma bateria com autonomia para até 500 quilômetros em trecho misto cidade-estrada.

O pessoal do MacRumors teve acesso a documentos de uma reunião que Kuo teve com os investidores da TF Securities, em que ele afirma com todas as letras que essas três montadoras farão parte do projeto Apple Car, que deve dar as caras em 2025.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A General Motors tem no Chevrolet Bolt seu principal carro elétrico (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

"A profunda colaboração da Apple com os fabricantes de automóveis Hyundai Group, GM e PSA, que têm ampla experiência em desenvolvimento, produção e qualificação, reduzirá significativamente o tempo de desenvolvimento do ‌Apple Car‌. Acreditamos que a Apple aproveitará os recursos dos fabricantes de automóveis atuais e se concentrará em hardware e software autônomo, semicondutores, tecnologias relacionadas à bateria, design de espaço interno e de formato, experiência de usuário inovadora e integração com o ecossistema existente da Apple", disse Kuo, na reunião.

Apesar dessa "cravada" de Kuo, devemos ter certa cautela. Recentemente, publicamos aqui no Canaltech que a Hyundai não estava muito animada com a possibilidade de fazer o Apple Car. De acordo com a Reuters, os executivos da gigante asiática não são muito afeitos a serem meros coadjuvantes nesse processo, já que a Apple quer que a montadora foque no carro em si e ela cuidaria dos sistemas autônomos e de tecnologia embarcada.

Isso sem falar que a PSA acabou de se unir à FCA, portanto tudo teria de passar pelo crivo dos italianos, que controlam marcas como Fiat, Dodge, RAM, Jeep, Chrysler, Maseratti, Ferrari, entre outras.

Ainda nessa reunião, Kuo sugere que a Apple comercializará o veículo como um modelo "muito sofisticado" ou "significativamente mais alto" do que um veículo elétrico padrão, o que beneficiará os parceiros da montadora. A Foxconn, que já está desenvolvendo peças para veículos elétricos, não estará envolvida na montagem do ‌Apple Car‌ ou nos pedidos de revestimento, prevê Kuo.

Diante de várias datas dadas, inclusive por Kuo, nos resta esperar mais desdobramentos desse projeto.

Fonte: MacRumors

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.