Publicidade

Boom avança em testes e primeiro voo supersônico está próximo

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Setembro de 2023 às 13h15

Link copiado!

Divulgação/ Boom Supersonic
Divulgação/ Boom Supersonic

A Boom Supersonic deu mais um passo rumo à volta da aviação supersônica comercial. A startup norte-americana anunciou que vai realizar o primeiro voo de um de seus protótipos, o XB-1, ainda em 2023. Essa aeronave é o embrião do futuro Overture, este sim um avião comercial que voará com velocidades superiores à do som.

Segundo apuração do Robb Report, o avião experimental XB-1, que mais parece um caça do que uma aeronave comercial, está com quase todos os testes de solo realizados e falta bem pouco para que o vejamos cruzar os céus em velocidades supersônicas.

Continua após a publicidade

O FAA, órgão regulador da aviação civil nos Estados Unidos, autorizou a Boom a fazer os voos experimentais, algo que será feito na região do deserto de Mojave, já que há mais espaço e segurança para isso. O cronograma da startup, porém, está um pouco atrasado, já que mudanças significativas no trem de pouso e nos motores precisaram ser feitas.

Nesse meio tempo, ocorreram algumas desistências no apoio e compra desse projeto, casos da Virgin Atlantic, que cancelou as compras de algumas aeronaves, e da Rolls-Royce, que não quer mais fabricar o motor que vai equipar o Overture.

Como é o XB-1?

O XB-1 é um avião protótipo que a Boom Supersonic está utilizando para desenvolver o Overture. Ele, nem de longe, se parece com o modelo final de apelo comercial, mas é importante para que a empresa possa aferir o funcionamento dos motores, aviônicos e demais questões de engenharia e construção.

Continua após a publicidade

A fuselagem do XB-1 é feita com materiais compósitos de carbono e o motor para os testes será o General Electric J85-15, com três unidades acopladas ao avião. Para o Overture, porém, o propulsor será de desenvolvimento próprio. Chamado de Symphony, esse propulsor promete ser mais silencioso do que os motores supersônicos tradicionais e permitir, quem sabe, o voo nessa velocidade com o solo abaixo, algo que, hoje, é proibido, como na época do Concorde.

Em termos de desempenho, a expectativa é de que o XB-1 possa realizar a velocidade que se espera para o Overture, que é de Mach 1,7 ou 2.099 km/h. Com essa performance, voos entre São Paulo e Miami, que duram, atualmente, 8h30, poderão ser feitos na metade desse tempo.

Segundo a Boom, o Symphony tem três empresas envolvidas no seu desenvolvimento: a Florida Turbine Technologies (FTT) para projeto de motor e produção inicial; a GE Additive para consultoria de design de tecnologia aditiva; e a StandardAero, que vai realizar a manutenção.

Continua após a publicidade

Quando será realizado o primeiro voo supersônico do XB-1?

Segundo a Boom Supersonic, o XB-1 deve realizar seu primeiro voo de teste ainda em 2023. A fabricação do Overture, o modelo final de avião supersônico, será feita na fábrica de Greensboro, na Carolina do Norte. Vale lembrar que três companhias aéreas já encomendaram o Overture: American Airlines, United Airlines e Japan Airlines. Quando pronta, a aeronave terá capacidade para 64 a 80 passageiros.

As primeiras viagens do Boom Overture devem começar em 2029.

Continua após a publicidade

Fonte: Robb Report