Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Microsoft Defender é lançado para Windows, Android, iOS e macOS

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 17 de Junho de 2022 às 08h16

Link copiado!

Reprodução/Microsoft
Reprodução/Microsoft

A Microsoft anunciou o lançamento do novo aplicativo de segurança digital Microsoft Defender na quinta-feira (16). O app é uma versão aprimorada do antigo antivírus com recursos mais voltados para o monitoramento de dispositivos. O programa chegará para os quatro principais sistemas operacionais do mundo: Windows, Android, iOS e macOS.

A gigante do software já utilizava o nome Defender há muitos anos, mas esta é a primeira vez que decidiu portar a solução para outras plataformas. O novo Defender vai além da proteção contra vírus e oferece ferramentas adicionais para manter seu computador ou celular mais seguro, como alertas e dicas de segurança.

Continua após a publicidade

O tipo de proteção varia conforme a plataforma. Nos dispositivos da Apple, por exemplo, não é ofertada a modalidade de antivírus, mas o app conta com proteções contra phishing em páginas da internet e um painel de alerta sobre atividades maliciosas. Já no Android, existe também a proteção ativa contra vírus e o escaneamento de arquivos.

Mais reforço para computadores e notebooks

No desktop, o foco do Defender é centralizar as opções de segurança, como um completo ao aplicativo embutido no Windows. Ele é compatível com softwares antivírus de outras companhias, como Norton, McAfee e similares, e permite a visualização das proteções de segurança em todos os dispositivos instalados.

Embora não seja indispensável, o programa pode ajudar a monitorar de perto a segurança de uma rede ou membros da família. A gigante do software promete trazer mais recursos futuramente para tentar atrair novos interessados.

O Microsoft Defender estará disponível gratuitamente para assinantes do Microsoft 365 Personal ou Family. Para utilizá-lo é necessário ter uma assinatura válida, com valores entre R$ 36 e R$ 45 por mês, já que o app não é comercializado separadamente.