Publicidade

Google explica por que a IA Gemini tem este nome

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Maio de 2024 às 13h24

Link copiado!

Divulgação/Google
Divulgação/Google
Tudo sobre Google

Quando uma empresa lança um produto, é comum pensar em como a marca chegou àquele nome especificamente. Será que ocorreu uma junção de palavras ou há um significado maior por trás de tudo isso? Para tentar aplcar essas dúvidas em relação ao seu modelo de IA, o Google publicou um artigo que explica como surgiu a palavra “Gemini” — spoiler: envolve a união de times, astronomia e até um pouco de astrologia.

Astronomia e astrologia

O Gemini foi lançado em dezembro de 2023 e não demorou muito para fazer parte de muitos produtos do Google. Segundo a publicação no blog da empresa, o nome começou como “Titan”, a maior lua do planeta Saturno, porém a escolha não era unanimidade na equipe. “Eu não era um grande fã desse nome”, disse o cientista-chefe de IA do Google Jeff Dean.

Continua após a publicidade

Felizmente, esse foi o pontapé inicial para o surgimento do que existe hoje, já que a palavra “Titan” direcionou a equipe para pensar nas estrelas e nos signos. Dessa forma, veio “Gemini” (“Gêmeos” em latim), que na astronomia é o nome de uma constelação associada aos irmãos mitológicos gregos Castor e Pólux. “Naturalmente, então, o significado por trás do nome do nosso modelo de IA é duplo”, afirma o post assinado pela editora do blog do Google Ari Marini.

Em seguida, os profissionais saíram da astronomia e foram para a astrologia, pois nos signos do zodíaco há ainda mais explicações para a decisão do nome da inteligência artificial, como o Google explica:

“Por um lado, uma característica fundamental do signo de Gêmeos é uma personalidade de natureza dupla, capaz de se adaptar rapidamente, conectar-se a uma ampla gama de pessoas e ver as coisas de múltiplas perspectivas — temas adequados para o que estava acontecendo no Google na época”, registra a publicação.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

União de duas equipes

Mas não foi apenas uma ideia baseada nas estrelas que deu vida ao nome da IA Gemini. Conforme o Google, outra inspiração veio do Projeto Gemini da NASA, que durou entre 1965 e 1968.

“O programa espacial fundamental foi a ponte entre as missões Mercury, que determinou que os humanos poderiam sobreviver no espaço, e Apollo, que colocou a primeira pessoa na Lua”, explica a postagem. “O Projeto Gemini da NASA, assim chamado por sua espaçonave para duas pessoas (que era, coincidentemente, movida por um foguete Titan), foi desenvolvido para testar equipamentos e técnicas para manter os astronautas no espaço por um longo período de tempo antes da Apollo”, prossegue.

Tudo isso foi a inspiração para duas equipes: a DeepMind e o grupo de pesquisa do Google denominado “Cérebro” (Brain, no inglês). Os times se juntaram em abril de 2023 para formar o Google DeepMind, que prometia alavancar produções e acelerar o progresso de IA e poder de computação.

Continua após a publicidade

Segundo a postagem no blog do Google, Jeff Dean destacou que o nome apareceu também devido a essa união. “O esforço do Gemini surgiu porque queríamos aproximar nossas equipes que trabalham em modelos de linguagem”, afirmou o profissional. “Achei que o aspecto dos gêmeos no nome se encaixava perfeitamente. Os gêmeos aqui são o pessoal da equipe original do ‘Brain’ e da equipe original da DeepMind, que começaram a trabalhar juntos neste ambicioso projeto de modelo multimodal."

Gemini vai resumir e-mails e evitar golpes

Durante o evento Google I/O 2024, a companhia afirmou que a IA vai começar a resumir e-mails no Gmail para Android e também vai escutar ligações para evitar golpes. Há muito mais sobre os lançamentos da marca, então vale conferir tudo sobre a conferência.