Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google Chrome vai encerrar suporte a duas versões antigas do Windows

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Outubro de 2022 às 18h48

Link copiado!

Igor Almenara/Canaltech
Igor Almenara/Canaltech
Tudo sobre Google

O Google Chrome vai abandonar o suporte ao Windows 7 e ao Windows 8.1 a partir da versão 110, prevista para ser liberada em 7 de fevereiro de 2023. Isso significa que usuários do navegador devem migrar para o Windows 10 ou superior se quiserem manter o programa atualizado.

O anúncio foi feito pelo Gerente de Suporte do Chrome, identificado apenas como James, no fórum oficial do navegador. O programa oferecerá quase um mês extra para as pessoas decidirem o que fazer, já que o fim do suporte estendido da Microsoft para o Windows 7 ESU e Windows 8.1 vai até 10 de janeiro do próximo ano.

"Se você estiver usando o Windows 7 ou o Windows 8.1, recomendamos que você mude para uma versão compatível do Windows antes dessa data para garantir que continue recebendo as atualizações de segurança e os recursos do Chrome mais recentes", explicou o gerente.

Continua após a publicidade

Os desenvolvedores não vão bloquear o uso do Chrome, mas as pessoas não conseguirão mais obter atualizações de software, que trazem aprimoramentos críticos de segurança e melhorias na usabilidade. Além disso, sem o suporte oficial, recursos mais recentes podem não funcionar corretamente em Windows antigos.

Chrome não será mais atualizado no Windows 7 e Windows 8.1

Quem não abre mão do navegador terá duas opções: avançar para o Windows recente ou se arriscar usando um programa com falhas, que podem ser exploradas por criminosos para roubar dados ou infectar sua máquina com malwares. Quem não está disposto a encarar esses cenários deverá escolher outro navegador para chamar de seu.

O Windows 11 pode não ser a melhor opção para máquinas antigas, mas o Windows 10 ainda oferece boa estabilidade para PCs de desempenho reduzido. A Microsoft encerrou o suporte principal do Windows 7 em 2020, logo não há razão para outros desenvolvedores focarem atenções em um sistema ultrapassado.

Entre as versões do Windows, a 8.1 e a 7 ocupam a terceira e a quarta colocação em termos de mercado. A versão 8.1 tem 2,79% do total de usuários, enquanto o Win 7 domina uma fatia maior — 11,06% do mercado.

A marca Windows domina o mercado de softwares para PCs e desktop há pelo menos 30 anos. Líder absoluto, o software da Microsoft possui inúmeras versões e segue à frente do segundo colocado com bastante folga — 74,73% do mercado contra 14,4%, do macOS.