Google Fotos ganha novo widget com estilos da Material You; confira

Google Fotos ganha novo widget com estilos da Material You; confira

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Novembro de 2021 às 15h21
Alveni Lisboa/Canaltech

Em mais uma novidade introduzida pela Material You, o Google Fotos agora tem novos widgets para a tela principal. O complemento que funciona como um porta-retrato dinâmico pode ser configurado em formatos diferentes, no mesmo estilo que as adições recentes do Drive e do Relógio.

O widget do Google Fotos pode ser ajustado para ficar no formato de círculo, "flor”, pílula, quadrado e “estrela” — todos com pontas arredondas. No complemento, dá para fixar uma foto ou um álbum inteiro, o que é útil para dar um destaque a um registro importante.

Os formatos podem ser selecionados depois de colocar o widget na tela principal (Imagem: Reprodução/Android Police)

Para selecionar qualquer uma das opções alternativas, o usuário deve inserir o widget na tela principal e depois indicar o formato desejado. A decisão também interfere em quanto espaço o acessório vai ocupar na grade, então tenha isso em mente na hora de montar a decoração e escolher um papel de parede bacana.

No anúncio do Android 12, o Google prometeu uma reformulação geral nos widgets — a novidade do Google Fotos, então, era previsível. O app de galeria recebeu o complemento há poucos meses, mas foi no iOS que ele apareceu primeiro.

Cada estilo do widget dá uma cara diferente para a tela inicial (Imagem: Reprodução/Android Police)

É interessante observar como o Google conseguiu criar espaço para diferentes estilos em um widget que, em sua natureza, é até bem básico. O porta-retrato para a tela principal pode incorporar diferentes estilos e combinar bem com outros widgets também lançados nessa "revolução de widgets" do Android, algo que sempre foi uma deficiência bem grande no sistema do Google.

A função começou a ser liberada para usuários Android recentemente, então não é exclusiva para celulares com Android 12. Como sempre, a distribuição acontece gradativamente e, neste caso, é por uma autorização nos servidores do Google — ou seja, não dá para ativar manualmente. Porém, vale deixar o aplicativo com atualizações em dia na Play Store para deixar tudo pronto para receber o recurso.

Fonte: Android Police

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.