Já é possível testar apps de Android no Windows 11

Já é possível testar apps de Android no Windows 11

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 20 de Outubro de 2021 às 14h59
Reprodução/Microsoft

Nesta quarta-feira (20), começa a ser testada no Windows 11 a compatibilidade com aplicativos construídos para Android. Os programas mobile podem ser baixados direto pela Microsoft Store, a partir da Amazon Appstore Preview, mas apenas em computadores cadastrados no canal Beta do programa de testes Windows Insider.

Neste primeiro momento, 50 aplicativos estarão disponíveis para download a partir da loja nativa — entre eles jogos, ferramentas para o dia a dia e programas para crianças, como o Khan Academy Kids. Não é necessário ter um processador ARM para rodar os aplicativos, então CPUs AMD e Intel também têm suporte.

Apps para Android precisam ser instalados a partir da Amazon AppStore, mas o catálogo ainda é pequeno (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Segundo a Microsoft, a integração com os aplicativos Android e o Windows é bem íntima. A área de transferência é uma só no computador, então usuários podem levar coisas de programas comuns para os apps adaptados (e vice-versa) com Ctrl+C e Ctrl+V sem gambiarras; as notificações também são compartilhadas, então podem ser consultadas direto na Central de Notificações.

Em comparação com o catálogo da Play Store, a seleção de aplicativos do Windows 11 ainda é bem pequena — na loja do Google, há mais de 3 milhões de opções. Até a própria Amazon Appstore tem vantagem, já que soma mais de 460 mil aplicativos.

Catálogo de apps ainda é enxuto

Na documentação oficial da plataforma, a MS esclareceu que o catálogo inicial de apps seria escolhido a dedo por ela e pela Amazon, provavelmente por problemas de suporte aos requisitos do Windows. Uma das exigências para ganhar suporte no sistema operacional é ter janelas que podem ser ajustadas em tempo real e, lógico, ter suporte para mouse e teclado.

Curiosamente, foram os usuários do canal Beta que receberam a novidade primeiro, mas a novidade logo alcançará o público da distribuição Dev, afirmou a Microsoft. Neste primeiro momento, o computador precisa estar configurado como uma máquina dos Estados Unidos e também requer que a conta da Amazon seja estadunidense.

Ainda não há previsão para o lançamento do suporte para aplicativos Android no Windows 11 para o público geral, mas considerando que a funcionalidade está nas mãos de usuários do canal Beta, não deve levar mais do que alguns meses até que todos possam conferir a novidade. No mais, resta aguardar por mais notícias e torcer para que os testes corram bem.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.