Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Huawei Band 9 chega ao Brasil com melhorias para encarar Galaxy Fit 3

Por| Editado por Wallace Moté | 06 de Maio de 2024 às 11h25

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Huawei Band 9

Pouco mais de um mês depois da estreia no mercado global, a Huawei lançou no Brasil nesta segunda-feira (6) a Huawei Band 9, nova pulseira inteligente da marca que traz melhorias modestas em relação à geração anterior para enfrentar a Galaxy Fit 3 da Samsung e a Xiaomi Band 8. Mantendo o design e a maior parte das especificações, o acessório busca chamar atenção pelos novos algoritmos de acompanhamento de sono e saúde, aprimorados para oferecer maior precisão e melhor rastreamento de diferentes atividades.

As similaridades com a Band 8 começam pelo visual, basicamente o mesmo da geração anterior: temos um corpo estreito em formato retangular, além de bordas um tanto espessas ao redor da tela.

A construção mantém o alumínio e as pulseiras em silicone ou nylon, mas agora novas opções de cores são oferecidas, incluindo branco com acabamento dourado gravado à laser, amarelo e rosa, junto da variante em preto "piano" com caixa revestida em 10 camadas e de uma edição especial em azul com pulseira de tecido.

Continua após a publicidade

Também há promessa de conforto com a espessura de apenas 8,9 mm e o peso de 14 gramas, sem abrir mão de boa resistência — a certificação 5ATM está presente, permitindo o uso durante mergulhos de até 50 metros de profundidade, aspecto essencial para possibilitar o acompanhamento de exercícios aquáticos.

Outro aspecto que retorna da geração anterior é a tela AMOLED de 1,47 polegada, com resolução de 364 x 198 pixels, valor alto que deve garantir boa nitidez. Números de brilho não foram detalhados, mas a Huawei assegura que a Band 9 pode ser usada sob qualquer condição de luz, ajustando automaticamente a luminosidade para manter boa visibilidade mesmo ao sair de um ambiente ensolarado para um local interno.

O lançamento conta ainda com o pacote essencial de sensores para vestíveis, como monitor de batimentos cardíacos e acompanhamento dos níveis de oxigenação do sangue (SpO2), sem trazer grandes mudanças nesse quesito.

A falta de modificações no hardware seria compensada pelos novos algoritmos da Huawei, que ofereceriam registros mais completos e precisos da saúde do usuário — em especial o TruSleep 4.0 para monitoramento de sono "de um novo patamar", com registros de respiração, frequência cardíaca e oxigenação sanguínea. São dados relatórios completos sobre a qualidade do sono, com dicas para melhorar em caso de problemas.

Mais de 100 modos de exercício estão disponíveis, e agora anéis de progresso mostram em tempo real o número de passos, o gasto calórico e outras métricas, de forma similar ao visto em concorrentes. O TruSeen 5.5 também promete maior agilidade e precisão ao analisar dados de batimentos cardíacos e oxigenação do sangue.

Com sensor de 9 eixos, a Huawei Band 9 também promete um monitoramento mais preciso em alguns esportes, como natação. A pulseira é capaz de registrar número de braçadas, voltas, duração da atividade e monitoramento cardíaco, por exemplo.

Continua após a publicidade

Fecham o pacote a compatibilidade com Android e iOS, as dezenas de watch faces personalizáveis, acompanhamento de notificações, ferramentas como lanterna e controle remoto da câmera do celular, anéis de atividade, carregamento magnético rápido e a bateria, que não trouxe novidades: ainda são prometidos até 14 dias de duração, com 9 dias de "uso normal" e 48 horas de uso com 5 minutos de carga — mas um uso mais intenso pode derrubar a autonomia para até três dias quando o recurso de Always On Display está ativado.

Preço e disponibilidade

A Huawei Band 9 começa a ser vendida nesta quarta-feira (8) nas cores preto e rosa, com as demais opções chegando "nas próximas semanas". A venda acontece em canais oficias da marca na Amazon e Mercado Livre, pelo preço promocional de R$ 299 para quem comprar a pulseira entre os dias 8 e 26 de maio. Após o período promocional o preço sugerido sobe para R$ 399, ainda abaixo das rivais. Todas as opções de cores terão o mesmo preço.

A Galaxy Fit 3 tem menos opções de cores, mas tela ligeiramente maior de 1,6 polegada e restante de especificações similares, saindo por R$ 549 na loja oficial da Samsung. Já a Xiaomi Band 8 é vendida por R$ 499, tendo conjunto também muito parecido com ambas as rivais.