Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google mostra protótipo de óculos AR para tradução simultânea em conversas

Por| Editado por Wallace Moté | 11 de Maio de 2022 às 17h02

Link copiado!

Divulgação/Google
Divulgação/Google
Tudo sobre Google

O Google anunciou nesta quarta-feira (11) que está trabalhando em um óculos de realidade aumentada (AR) para tradução simultânea de vozes durante conversações.

A novidade foi anunciada durante a conferência Google I/O, momento em que a marca apresentou o smartphone Pixel 6a e relógio Pixel Watch, além de outras novidades.

Continua após a publicidade

Como os óculos ainda estão em fases iniciais de desenvolvimento, poucos detalhes sobre eles foram confirmados. Entretanto, o Google mostrou que ele será o resultado de “anos de pesquisa com o Google Tradutor”, para que as tecnologias sejam implementadas em um produto vestível.

A ideia principal do protótipo é fazer com que os usuários não precisem se distrair com smartphones ou outros dispositivos móveis que realizam a tradução. Com isso, as palavras traduzidas aparecem dentro do campo de visão do interlocutor, tornando a experiência mais natural.

O clipe mostrado durante a Google I/O revela o suporte para tradução de diversos idiomas como o mandarim ou espanhol, mas diversas outras opções deverão estar disponíveis em uma futura versão final.

A marca não explicou como a tecnologia funcionaria, ou se ela precisaria de pareamento com um smartphone, por exemplo. De qualquer forma, é certo que ela utilizará do grande poder de processamento das plataformas Tensor, para que o processo todo aconteça em tempo real.

O protótipo que aparece nas imagens não reflete o visual definitivo do produto, mas os óculos parecem ter um design bastante discreto e parecido com armações tradicionais.

Espera-se que o produto seja uma alternativa mais confortável do que o mercado oferece atualmente, especialmente com os headsets.

A empresa não divulgou um prazo específico para o lançamento da tecnologia, e ainda indicou que “há muito trabalho pela frente”. Por isso, o óculos não deve ser disponibilizado ao público consumidor a curto prazo.

Continua após a publicidade

Fonte: Google