Tesla "baratinho" deve ser autônomo e vir sem volante

Tesla "baratinho" deve ser autônomo e vir sem volante

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 03 de Setembro de 2021 às 20h10
Teslarati

Elon Musk parece mesmo disposto a lançar um Tesla mais barato e acessível — até aí, nenhuma surpresa. A novidade, porém, é que o carro, previsto para ser lançado em 2023, seria 100% autônomo e já sairia de fábrica sem volante. Essa informação foi obtida após uma reunião interna da montadora nesta semana e que teve a participação do seu principal executivo.

Internamente chamado de "Model 2", o automóvel seria equipado com o novo conjunto de baterias da Tesla, o que reduziria seus custos de produção substancialmente, em torno dos 50%. A fabricação do carro seria realizada na GigaFactory de Xangai, na China, o que ajudaria ainda mais na redução do preço e facilitaria todo o ciclo de logística, já que a ideia da marca é exportá-lo para o mundo todo a partir de lá.

O desejo de Musk é que, além de barato, esse automóvel seja equipado com um pacote de condução autônoma de nível 5, chegando a cogitar a retirada de volante e pedais. Para isso, claro, a Tesla terá de aperfeiçoar — e muito — seu próprio sistema, o AutoPilot, que funciona em conformidade com o Tesla Vision, o recurso de monitoramento proprietário da marca que utiliza somente câmeras. Atualmente, esse aparato tecnológico está em fase beta.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Inagem: Reprodução/ Electrek)

Além disso, a imprensa chinesa trabalha com o ano de 2023 como meta de Musk para o lançamento desse carro. Outro rumores, porém, davam conta de que ele seria lançado este ano, mas em uma versão mais "padrão", ou seja, com volante e pedais. O portal Sina Motors, por exemplo, chegou a dizer que a Tesla já concluiu o desenvolvimento do modelo de entrada, justamente na faixa de valor de US$ 25 mil.

Falando do carro em si, ele deve ser menor do que o Model 3, tendo uma carroceria no estilo hatchback, com potência, torque e autonomia inferiores ao compacto, que é o mais vendido da Tesla no mundo. A dúvida é se a Tesla vai mesmo conseguir, em tão pouco tempo, oferecer um carro autônomo antes de outras empresas que parecem estar com projetos mais avançados e com outro detalhe: diretamente ao público.

É esperar para ver.

Fonte: Electrek

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.