O que é 4K? Entenda a diferença entre 4K DCI, UHD e Ultra HD

Samsung

Você já deve ter ouvido falar em 4K, a resolução que está presente em muitos televisores e monitores. O que talvez você não saiba ainda é que existem muitas informações desencontradas sobre esse padrão de resolução que confundem o usuário. Afinal, o que é o 4K e qual é a diferença dele para o Full HD?

O que é 4K?

O 4K é um padrão que corresponde a resolução de 3.840 pixels horizontais por 2.160 pixels verticais, que juntos formam uma imagem rica em detalhes. Embora muita gente acredite que o padrão representa apenas o dobro de resolução do Full HD (afinal de contas, 3.840 pixels horizontais são exatamente o dobro dos 1.920 pixels horizontais do Full HD; e o mesmo vale para os pixels verticais), a conta correta a ser considerada é a multiplicação dos pixels horizontais e verticais para obtermos a quantidade total de pixels em tela. Dessa forma, o 4K apresenta 3.840 x 2.160 = 8.294.400 pixels na tela, enquanto o Full HD exibe 1.920 x 1.080 = 2.073.600 pixels na tela — justamente quatro vezes menos.

O que é 4K DCI, UHD e Ultra HD?

A DCI, Digital Cinema Initiatives, foi a responsável por estabelecer o padrão 4K para uso em produções de cinema em telas e projetores com proporção de 256:135, aproximadamente 19:1. Esse padrão tem tamanho total de 4096 × 2160 pixels. Acontece que os televisores que temos à venda no mercado não contam com a proporção de 19:1, mas sim de 16:9 ou 16:10, portanto, o padrão comercial que é usado em TVs é 13% menor que o 4K real em sua totalidade.

Na realidade, a resolução que encontramos em TVs e monitores é de 3.840 pixels horizontais por 2.160 pixels verticais. Esse padrão pode ser chamado de Ultra HD, UHD ou apenas de 2160p, embora as fabricantes tenham optado por usar o termo 4K por ser mais simples e comercialmente mais eficiente.

Diferença de tamanho e proporção entre os padrões 4K

Os primeiros produtos com 4K

A primeira TV com resolução 4K nativa foi criada pela Philips e chegou ao mercado mundial em 2011. Esse televisor também contava com o recurso 3D, sendo popularmente conhecida como a Philips 3DTV. Depois, entre junho e dezembro de 2012, Sony e Toshiba lançaram outros modelos de TVs que também traziam o padrão Ultra HD nativo.

Com relação aos smartphones, o primeiro a oferecer suporte ao padrão 4K foi o Galaxy Note 3, que grava vídeos em 2160p e a 30 quadros por segundo. O Nokia Lumia 930 foi o segundo a contar com filmagem neste mesmo padrão.

Já o primeiro celular com tela 4K do mundo foi o Sony Xperia Z5 Premium, de 2015, que apesar de oferecer tela com essa resolução nativa, funcionava no padrão Full HD na maior parte do tempo devido a falta de conteúdo multimídia, aplicativos e jogos disponíveis no formato Ultra HD.

O Xperia Z5 foi o primeiro smartphone a trazer tela com resolução 4K

Existe conteúdo em 4K?

Hoje em dia, sim. Algumas emissoras de TV, como a TV Globo, exibem novelas, séries, desfiles de carnavais e jogos de futebol selecionados em 4K. É claro que esse padrão é mais comum entre os serviços de streaming, como o Amazon Prime Video e a Netflix, que entregam um catálogo com algumas opções nesta resolução.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.