Anatel vai avaliar satisfação de consumidores e disseminação de informações

Anatel vai avaliar satisfação de consumidores e disseminação de informações

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 24 de Junho de 2021 às 23h20
Elements/mstandret

A satisfação dos consumidores com os serviços de banda larga fixa e de telefonia móvel e a disseminação de informações do setor são os novos indicadores que serão avaliados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O objetivo do órgão é monitorar sua própria estratégia.

Os critérios foram definidos na segunda atualização do Plano Estratégico da Anatel 2015-2024. O documento foi aprovado pelo Conselho Diretor da Agência neste mês e informa que a execução será “objeto de monitoramento periódico, por meio do acompanhamento de indicadores e metas previamente estabelecidos”.

As primeiras medições dos indicadores devem ser divulgadas no primeiro semestre de 2022. Esses dados vão permitir que a entidade tome medidas para otimizar o direcionamento das ações regulatórias e de controle. Até 2023, a meta é que 84,87% do material coletado no setor estejam disponíveis em formato aberto — a Anatel não detalhou como seria essa apresentação, mas espera-se que sejam comunicados amplamente acessíveis nas plataformas da agência.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Elements/twenty20photos

Outras atualizações

O capítulo um do Plano Estratégico da Anatel agora tem informações sobre o Panorama das Telecomunicações no Brasil e o Panorama das Tecnologias de Informações e Comunicação (TIC). Além disso, foram incluídos relatórios e pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br).

Já o capítulo dois foi atualizado conforme o Decreto nº 10.531/2020. Essa norma apresenta a Estratégia Federal de Desenvolvimento (EFD) para o Brasil de 2020 a 2031. Nos eixos econômico, infraestrutura e social do EFD, são apresentados os desafios relacionados a conectividade, infraestrutura de telecomunicações e internet.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.