Amazon anuncia Fire HD 10, novo tablet com preço mais baixo que o antecessor

Por Redação | 19 de Setembro de 2017 às 11h31

Em um anúncio surpresa realizado na manhã desta terça-feira (19), a Amazon parece disposta a atender as vontades dos usuários com o lançamento do Fire HD 10. A nova versão do tablet da marca, como o nome já diz, chega com um display de resolução 1080p e valor mais baixo que seu antecessor, custando US$ 150 (aproximadamente R$ 470).

Com lançamento marcado para o dia 11 de outubro, o dispositivo tem seu display como maior melhoria. O modelo, agora, tem tela de 10,1 polegadas e, como dito, resolução Full HD, ampliando ainda mais o foco no consumo de mídia, seja por meio de serviços como Twitch, Netflix ou Prime, além dos livros vendidos pela própria gigante do e-commerce.

Esse caráter é alavancado pelas mudanças que a Amazon realiza no sistema operacional Android. O Fire HD 10 chega rodando uma versão altamente personalizada da plataforma com uma aba chamada “Para Você” logo na tela inicial. Ali, aparecem os últimos títulos consumidos, permitindo que episódios sejam retomados de onde o usuário parou, assim como filmes ou livros.

Caso continue rolando pela tela, o utilizador encontra uma segunda aba, chamada “Experimente a seguir”, com indicações de novas produções ou publicações de acordo com o gosto registrado pela inteligência artificial. A prioridade, claro, é para produtos disponíveis no próprio ecossistema da Amazon, com a própria empresa falando nas customizações como uma forma de destruir as barreiras entre a tela inicial do aparelho e a loja online.

Novo tablet da linha Fire chega mais barato e avançado que o antecessor.

A Amazon também promete que o Fire HD 10 é 30% mais poderoso que o seu antecessor, além de contar com um ganho na autonomia da bateria, que agora é de 10 horas. Os alto-falantes do dispositivo têm suporte à tecnologia Dolby Atmos, garantindo maior fidelidade mesmo sem fones de ouvido.

Por outro lado, a fabricante não deu muitos detalhes sobre o que está por dentro do tablet, falando apenas em um processador quad-core rodando a 1,5 GHz, acompanhado de 1 GB de memória RAM, colocando o modelo ao lado de dispositivos de médio padrão. A câmera traseira é de cinco megapixels, capaz de gravar vídeos também em resolução FullHD.

Como novidade, ainda, a varejista cita o suporte ao sistema Alexa, permitindo que o tablet funcione como os assistentes domésticos já lançados por ela. Conectado o tempo todo, o Fire HD 10 é capaz de controlar aparelhos domésticos, realizar compras, configurar alarmes e realizar outras tarefas, também se integrando a aparelhos do tipo que estejam presentes na mesma rede que ele.

O aparelho chega em versões preta, azul e vermelha, em opções que começam em 32 GB de armazenamento interno no modelo mais barato e vão até 64 GB em uma versão que custa US$ 190 (cerca de R$ 600, em conversão direta). Se desejar, o usuário também pode optar por versões sem os sistemas de sugestão de conteúdo na tela inicial, pagando US$ 40 a mais no primeiro modelo e US$ 20 adicionais no segundo.

As datas de lançamento e preços, claro, valem somente para o mercado americano. Por enquanto, não existe anúncio de disponibilidade oficial do Fire HD 10 no Brasil.

Fonte: Amazon

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.